Adeus Mc Itália

Copa do Mundo: sanduíches do McDonald's serão vendidos até sexta

Empresa já vendeu mais de 1,2 milhão de unidades, contabilizando 13% de crescimento nas vendas

Por: Gustavo Pelogia - Atualizado em

McDonald's - McItália
McItália (servido no sábado) leva polpettone com molho de tomate e manjericão, pepperoni e parmesão ralado, no pão em forma de bola (Foto: Divulgação)

A Copa do Mundo vai acabar mais cedo nos restaurantes McDonald's. Os sete sanduíches da campanha “Favoritos da Copa”, criados especialmente para o Mundial, deixarão de ser vendidos nesta sexta-feira (25).

Patrocinadora do evento esportivo, a empresa pode comemorar antes mesmo do final do campeonato. Os dados mais atualizados são do final de maio, 24 dias após o inicio da promoção, e somam 1,2 milhão de sanduíches, contabilizando 13% de crescimento nas vendas – a empresa espera chegar aos 17% até o fim da campanha.

Não foram divulgados os números exatos, porém o produto mais vendido foi o McAlemanha, comercializado aos domingos – cada sanduíche era vendido em um dia da semana. O produto trouxe ingredientes que não são utilizados em outros lanches da rede no Brasil, como salsichão de carne suína, radicchio e chicória.

Quem não experimentou o lanche preferido dos brasileiros não terá mais a oportunidade. O mesmo vale para o McArgentina e o McItália, que estavam disponíveis às terças e domingos, respectivamente.

São três as últimas opções de abocanhar uma das seleções: o McFrança (hoje, 23), McBrasil (24) e o McEstados Unidos (25). A campanha também presenteia os clientes com 200ml a mais de refrigerante, na compra casada com sanduíche e batatas fritas.

McDonald's lança sete sanduíches inspirados em participantes da Copa

Fonte: VEJA SÃO PAULO