Alerta na rede

Dicas para proteger crianças e adolescentes na rede

Os conselhos de especialistas para evitar que menores sejam vítimas de abusos

Por: Carolina Giovanelli e Mariana Barros

seguranca_internet_pequeno
O que fazer: confira as sugestões e converse com seus filhos (Foto: ThinkStock)

• Quando seu filho for navegar na rede, dê as mesmas instruções que daria se ele estivesse sozinho numa grande praça pública, como não falar com estranhos, não fornecer informações pessoais e jamais aceitar presentes de desconhecidos.

• Mostre a ele como usar ferramentas de proteção à privacidade — entre elas, a que torna o acesso ao perfil na rede social restrito aos amigos.

+ Casal é acusado de convencer garota a participar de sessão sadomasoquista

+ Veja outras dicas de segurança no ambiente virtual

• Converse com ele abertamente para que não recorra à internet para falar de assuntos e dúvidas que não tem liberdade para abordar em casa.

• Deixe claro que na web nunca se pode ter certeza de quem está por trás de um perfil, de um e-mail ou de um apelido. Adolescentes costumam ser ingênuos e confiar nos outros com facilidade.

+ Escolas particulares reforçam práticas de segurança

+ Os trotes estão na mira da lei

• É preferível que casos de pedofilia abordados com destaque pela mídia sejam discutidos entre os jovens e os próprios pais, o que garante uma abordagem correta.

Fontes: SaferNet Brasil, Childhood Brasil e Fundação Abrinq

Fonte: VEJA SÃO PAULO