publicidade

Turismo

Conheça alguns hotéis que aceitam seu cachorro

Os mimos e a estrutura oferecida por lugares que recebem seu bichinho de estimação

18.set.2009 | Atualizada em 7.dez.2010 por Filipe Vilicic

É normal ver cães circulando pela pousada Pura Vida, em Maresias, no Litoral Norte. Lá, animais de estimação podem acompanhar seus donos, desde que estejam no colo ou na coleira. Há até um golden retriever (muito educado, diga-se), chamado João, que atua como uma espécie de funcionário da casa. Fica na recepção, acolhendo hóspedes e seus amigos caninos. "É nosso host", brinca Patrícia Fiuza, dona do totó e da pousada. "Os clientes o adoram." Patrícia é apaixonada por cachorros – tem nove e ainda comanda uma ONG que recolhe animais de rua e os prepara para adoção. "Baseada em minha experiência, liberei a entrada dos bichinhos na pousada", diz. "Sei que o dono nunca quer abandonar seu companheiro de quatro patas, nem quando viaja."

De acordo com o recém-lançado Guia Quatro Rodas – Viagens com Seu Cão, da Editora Abril, ao menos 49 hotéis e pousadas paulistas recebem animais de estimação (veja cinco deles abaixo). No luxuoso Unique Garden, em Mairiporã, os bichos podem ficar no quarto, com o dono, ou num canil, com piscina exclusiva. Veterinários cuidam de eventuais emergências. Há também serviço de banho e tosa. Assim que faz o check-in, o hóspede ganha um kit para seu cãozinho, com ração, potinho e outros objetos úteis. "Privilegio hotéis que aceitam cachorros", afirma a dona-de-casa Silvia Fonseca Milani, que tem um yorkshire. "Meu Nino está sempre comigo." Viajar com o animal pode ser uma boa para o dono, mas é necessário tomar alguns cuidados. "O cachorro não lida bem com mudanças bruscas na rotina", explica a veterinária Cynthia Schoenardie. "Uma dica é, mesmo na viagem, mudar os hábitos dele o mínimo possível."

Barra do Piúva Porto. Avenida Brasil, 1140, Piúva, Ilhabela, (12) 3894-9415. www.barradopiuva.com.br.

Diárias: entre R$ 250,00 e R$ 600,00 o casal, com café-da-manhã.

Recebe cachorros de médio e grande porte, que são colocados em um canil com luz, jardim, ar-condicionado e câmeras. Os hóspedes podem observá-los pela televisão do quarto.

Canto do camburi. Rua Uberlândia, 455, Camburi, São Sebastião,

(12) 3865-1723. www.pousadacantodocamburi.com.br.

Diárias: entre R$ 130,00 e R$ 260,00 o casal, com café-da-manhã.

Localizada na Praia de Camburi, a pousada recebe animais de estimação de pequeno porte. Os bichos podem dormir com o dono em três dos dezesseis quartos, com a cobrança de um extra de 10% sobre o valor da diária.

Pura Vida. Rua Sebastião Romão César, 184, Maresias, São Sebastião, (12) 3865-6402. www.puravidamaresias.com.br.

Diárias: entre R$ 90,00 e R$ 330,00 o casal, com café-da-manhã.

Recebe pets de todos os tamanhos, com um extra de 20 reais, contanto que sejam de raças dóceis. Eles podem circular pela pousada e dormir no quarto, que conta com uma varanda, boa para deixar o totó sozinho enquanto o dono vai à praia.

Sete voltas. Rodovia das Estâncias (SP-360), quilômetro 93, Itatiba,

4534-7800. www.setevoltas.com.br.

Diárias: entre R$ 507,00 e R$ 762,00 por pessoa, com pensão completa.

Mistura de hotel e spa, conta com programas de alimentação e atividades físicas, sala de ginástica, quadra de tênis, saunas, piscina coberta e restaurante com cardápio japonês e francês. Para os cães, tem pet shop e veterinário a postos. Aceita animais de todos os portes, que podem permanecer no quarto ou no canil.

Unique garden. Estrada Laramara, 3500, Mairiporã, 4486-8700. www.uniquegarden.com.br.

Diárias: entre R$ 700,00 e R$ 2 500,00 o casal, com café-da-manhã.

Luxuosos, os 26 chalés do hotel e spa contam com DVD, ar-condicionado digital e cama king-size. Os bichinhos de estimação ficam num canil (com piscina) ou no quarto. Enquanto o hóspede aproveita as acomodações,

tem a opção de deixar o cão com um tratador. Uma equipe veterinária oferece banho, tosa e serviços médicos.

Para não estressar o totó na viagem

No carro, leve o cachorro dentro de uma caixa de transporte adequada ao seu tamanho.

Em trajetos curtos, não o alimente, pois pode enjoar no automóvel.

Não dê tranqüilizantes antes de viajar. "Esse tipo de remédio pode, na verdade, deixá-lo mais eufórico", explica a veterinária Cynthia Schoenardie.

Jamais o leve para a beira-mar. Lá, o cão pode transmitir e contrair doenças com facilidade.

Sempre ande com o animal no colo ou na coleira.

Alimente-o somente com a ração de costume.

Deixe água e comida à disposição do bichinho no quarto do hotel.

publicidade

Avaliação de VEJA SP

Não foi avaliado

Avaliação de VEJA SP

Péssimo

Avaliação de VEJA SP

Fraco

Avaliação de VEJA SP

Regular

Avaliação de VEJA SP

Bom

Avaliação de VEJA SP

Muito bom

Avaliação de VEJA SP

Excelente

Avaliação dos usuários

Ainda não foi avaliado

Avaliação dos usuários

Péssimo

Avaliação dos usuários

Fraco

Avaliação dos usuários

Regular

Avaliação dos usuários

Bom

Avaliação dos usuários

Muito bom

Avaliação dos usuários

Excelente

Avaliação do usuário

Péssimo

Avaliação do usuário

Fraco

Avaliação do usuário

Regular

Avaliação do usuário

Bom

Avaliação do usuário

Muito bom

Avaliação do usuário

Excelente

Péssimo

Fraco

Regular

Bom

Muito bom

Excelente

Comente

Envie por e-mail