Entretenimento

Conheça algumas das atrações das unidades do Sesc em São Paulo

Entre as atrações estão fábrica de tambores e brinquedos gigantes

Por: Isabela Barros e Sandra Soares - Atualizado em

Sesc Pinheiros (Rua Paes Leme, 195, tel: 3095-9400). Inauguração: Setembro de 2004. Frequência: 80 100 pessoas por mês. O que tem de melhor: Brinquedos como o xadrez gigante (1) e a cama elástica (2.) costumam atrair muitas crianças para a unidade, que oferece ainda três piscinas. Em horários específicos, os pequenos são entretidos por uma equipe de monitores. Os adultos têm à disposição uma "cedeteca" (3) com oitenta títulos. Ali também está localizado o maior teatro da rede Sesc, com capacidade para 1 010 espectadores. SESC CARMO (Rua do Carmo, 147, centro, tel: 3105-9121). Inauguração: Dezembro de 1960. Frequência: 72 300 pessoas por mês. O que tem de melhor: Seus dois restaurantes (1) são uma boa e barata opção de almoço e jantar no centro da cidade – o preço da refeição varia entre 3 e 8,80 reais. A unidade, que é a mais antiga da rede, promove principalmente atividades de caráter social, como as oficinas de artes e brincadeiras para crianças carentes (2). SESC POMPÉIA (Rua Clélia, 93, tel: 3871-7700). Inauguração: Agosto de 1982. Frequência: 118 000 pessoas por mês. O que tem de melhor: A unidade está instalada em um prédio de 1938, onde funcionou uma fábrica de tambores. Ele foi adaptado pela arquiteta Lina Bo Bardi, que também assina o desenho do ginásio de esportes (1). O forte da programação são os shows musicais, realizados em uma choperia com capacidade para 800 pessoas. Por lá passaram nomes como a cantora Rosa Passos (2), que fez duas disputadas apresentações há uma semana. SESC VILA MARIANA (Rua Pelotas, 141, tel: 5080-3000). Inauguração: Dezembro de 1997. Frequência: 69 900 pessoas por mês. O que tem de melhor: É conhecido pela programação teatral. Com capacidade para 608 pessoas, o teatro (1) já apresentou mais de 100 peças somente entre janeiro e julho deste ano. A piscina coberta é decorada por um painel de ferro criado por Tomie Ohtake (2). SESC INTERLAGOS (Avenida Manuel Alves Soares, 1100, tel: 5662-9500). Inauguração: Outubro de 1975. Frequência: 55 000 pessoas por mês. O que tem de melhor: Com cara de clube de campo e 500 000 metros quadrados de área, é uma das mais bonitas unidades da rede. As crianças se divertem principalmente nos brinquedos (1) e os adultos nos três campos de futebol (2). SESC CONSOLAÇÃO (Rua Doutor Vila Nova, 245, tel: 3234-3000). Inauguração: Novembro de 1967. Frequência: 58 000 pessoas por mês. O que tem de melhor: Sede do Centro de Pesquisa Teatral (CPT), do diretor Antunes Filho, é famoso pelo Teatro Anchieta. No Centro Experimental de Música (CEM), os alunos podem pegar os instrumentos emprestados para aprender a tocar. Oferece aulas gratuitas de alongamento toda sexta. SESC ITAQUERA (Avenida Fernando do Espírito Santo Alves de Mattos, 1000, tel: 6523-9200). Inauguração: Outubro de 1992. Frequência: 55 500 pessoas por mês. O que tem de melhor: O parque aquático (à dir.) , com 5 000 metros quadrados de espelhos-d'água, reúne oito toboáguas. Cercada de verde, a unidade tem três parques infantis temáticos, nove quadras poliesportivas e três minicampos de futebol. SESC SANTANA (Avenida Luiz Dumont Villares, 579, tel: 6971-8700) – Inauguração: Outubro de 2005. Frequência: 74 500 pessoas por mês. O que tem de melhor: Última filial da rede a ser inaugurada e a primeira unidade aberta na Zona Norte, chama atenção pelas instalações, que ainda estão tinindo. O ginásio coberto tem 1 600 metros quadrados e duas quadras poliesportivas (à dir.). SESC AVENIDA PAULISTA (Avenida Paulista, 119, tel: 3179-3700). Inauguração: Maio de 1978. Frequência: 12 200 pessoas por mês. O que tem de melhor: Quatro andares do prédio, que até novembro de 2005 funcionava como sede administrativa do Sesc, foram adaptados para abrigar espetáculos teatrais. O cenógrafo J.C. Serroni ambientou o pavimento onde é encenada a montagem Leonce e Lena (à dir.), dirigida por Gabriel Villela. SESC IPIRANGA (Rua Bom Pastor, 822, tel: 3340-2000) Inauguração: Novembro de 1992. Frequência: 49 500 pessoas por mês. O que tem de melhor: Disputado sobretudo nos fins de semana, quando alguns visitantes aproveitam para tomar sol, o quintal é o maior destaque do lugar. No espaço, separado do Parque da Independência por um muro, acontecem aulas grátis de ioga aos domingos pela manhã.

Fonte: VEJA SÃO PAULO