Cidade

Após confrontos, centro de São Paulo tem dia normal

Lojas voltaram a reabrir na manhã desta quarta-feira (17). Vias estão liberadas

Por: Veja São Paulo

Confronto no centro
Batalhão de Choque da PM foi acionado para cumprir a reintegração de posse (Foto: Futura Press/Folhapress)

Após os confrontos entre policiais militares e invasores de um hotel, a região central de São Paulo voltou à normalidade na manhã desta quarta-feira (17). As lojas estão abertas e o trânsito e o trânsito na Avenida São João, que ficou bloqueado durante quase toda a terça-feira, está liberado.

Confronto no centro: manifestantes queimam ônibus e tentam saquear lojas

Em frente ao hotel, que havia sido ocupado há mais de seis meses pela Frente de Luta por Moradia, foram instaladas barras de ferro, bloqueando a entrada. Algumas famílias permaneceram na região central.

Ontem pela manhã, PMs que foram cumprir mandato de reintegração de posse do Hotel Aquarius entraram em confronto com os ocupantes do prédio, que resistiram em deixar o local. O caos se espalhou pelas ruas da região. Houve corre-corre, um ônibus foi incendiado e ocorreram saques em algumas lojas. Comerciantes baixaram suas portas como medo de invasões.

ônibus queimado centro
Coletivo foi incendiado nas proximidades do Theatro Municipal (Foto: Reprodução/TV Globo)

Ao menos 80 pessoas foram encaminhadas para o 3º DP e notificadas por danos e invasão. A maior parte já havia deixado a delegacia na tarde de ontem. Uma jovem de 19 anos foi detida sob suspeita de atear fogo ao coletivo.

A situação foi controlada por volta das 13 horas, mas, no fim da tarde, novos confrontos ocorreram. Por volta das 16h, a Tropa de Choque utilizou bombas de efeito moral e balas de borracha para conter as pessoas que atiravam pedras e montavam barricadas para dificultar o avanço dos policiais. Por causa da confusão, as lojas voltaram a fechar as portas.

+ Confira as últimas notícias

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO