São Paulo, 459 anos

Concerto gratuito homenageia a cidade após missa na Catedral da Sé

A cantata traz relatos da jovem Anne Frank, ícone mundial da luta pelos direitos humanos, interpretada por coro e orquestra

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

A Catedral da Sé preparou uma homenagem aos paulistanos nesta sexta (25), em razão do aniversário de 459 anos da capital. Após uma cerimônia inter-religiosa que começa às 17h, o Coro Luther King realiza gratuitamente o concerto de música erudita O Diário de Anne Frank. Conduzido pelo maestro brasileiro Martinho Lutero Galati, a cantata é inspirada nos relatos da jovem alemã.

+ Orquestras homenageiam a cidade de São Paulo

A obra, de autoria do compositor italiano Leopoldo Gamberini e Otto Frank, pai de Anne, será apresentada em sua versão integral, com orquestra sinfônica, coral de 110 cantores, bailarina, solista e muitos recursos audiovisuais. A menina morreu aos 15 anos em um campo de concentração durante a Segunda Guerra Mundial. Ela se tornou mundialmente famosa com a publicação póstuma de seu diário, no qual escrevia as experiências do período em que sua família se escondeu da perseguição aos judeus..

Fonte: VEJA SÃO PAULO