Mistérios da Cidade

Inovações tecnológicas na hora das compras

Por meio de smartphones ou terminais nas lojas, a hora das compras ficou mais high-tech

Por: Mauricio Xavier [Com reportagem de Silas Colombo] - Atualizado em

_MG_6291
Billabong: provadores com sensores que identificam as peças e um monitor para mostrar variedades de tamanho e cor (Foto: Lucas Lima)

Está cada vez mais fácil fazer compras em São Paulo. Não porque os preços tenham baixado (infelizmente), mas por causa das inovações tecnológicas promovidas pelas lojas. A rede Memove, que comercializa roupas, equipou os artigos de suas cinco unidades na capital com etiquetas que se comunicam a terminais de autoatendimento. O cliente pode calcular o valor total e efetuar o pagamento — via cartão de débito ou crédito — sem o auxílio de vendedores.

Especializada em moda surf, a Billabong do Shopping Iguatemi Alphaville tem provadores com sensores que identificam as peças e um monitor para mostrar variedades de tamanho e cor. Já o Pão de Açúcar dará ao consumidor a opção de usar o smartphone para fotografar as imagens dos produtos em um painel e recebê-los em casa. O projeto está em fase de teste e será disponibilizado em shoppings e aeroportos.

+ Fundação Pró-Sangue precisa de doações

+ Paulistanas são as mais sexy do país

+ Em perigo no zoo: bichos ameaçados de extinção

Fonte: VEJA SÃO PAULO