Moda

Festivais de música: o que usar e levar na mochila

Maratona de shows pede roupas confortáveis, mas nem por isso você precisa deixar o estilo de lado. Veja dicas de looks descolados para curtir as apresentações

Por: Catarina Cicarelli - Atualizado em

SWU - público
SWU, no ano passado: prepare-se para os festivais com dicas para se vestir (Foto: Silvia Santana)

Horas debaixo do sol, aperto em meio à multidão e muitos pulos durante as badaladas apresentações: eis o que lhe reserva um bom festival de música. Para a experiência não se tornar um tormento, a escolha da roupa certa é essencial e deve primar pelo conforto. Mas sem perder o estilo.

Para as meninas

Nos festivais gringos, há uma espécie de uniforme: shortinho jeans, camiseta de banda, camisa xadrez amarrada na cintura e botas ou galochas nos pés. Para fugir do tradicional, troque, por exemplo, os shorts jeans por uma legging escura. “Essa calça com um tênis de cano alto e até polainas, da mesma cor, fica ótima”, diz a stylist e modelo Chiara Gadaleta.

 

Se a ideia é não abrir mão do item mais curtinho, dá para usar um short de outro tecido. “Sarja e alfaiataria funcionam muito”, conta o stylist Rodrigo Polack. Para as mais corajosas, ele sugere: “Use uma parte de cima curta e deixe aparecer um pedaço da barriga, sem mostrar o umbigo, com uma saia de cintura alta. Fica lindo e super atual”.

 

Nos pés, saltos definitivamente não são uma boa pedida. As restrições também se estendem a chinelos e rasteirinhas. “Na multidão, os pés acabam sendo pisados e ficam muito sujos se expostos. Em caso de chuva, então, a lama pode ser muito pior”, afirma Polack. A dica é investir em sapatilhas, sapatos Oxford ou no bom e velho tênis.

Para os meninos

Os garotos podem optar por camisetas pólo e até camisas de algodão, desde que bem leves. “É ótimo misturar no mesmo look uma bermuda e uma camisa”, diz Polack. Outro truque para incrementar o visual é usar calças jeans com a barra dobrada, deixando a canela de fora.

 

Para os mais estilosos e que estão com o corpo em dia, dá para investir em um colete sem camisa. “Não é nada cafona. Esse item aparece agora todo repaginado, com formatos e tecidos diferentes e é ótimo para combinar com uma bermuda cargo”, propõe Paiva.

 

Tênis de cano baixo e docksides (sapatos que ficaram famosos nos anos 80), ambos sem meia, são boas opções de calçado.

 

Acessórios femininos

 

É preciso ter cuidado. Acessórios ajudam a sair do básico, mas devem ser usados com parcimônia. Evite, por exemplo, colares muito grandes. “No meio da loucura, você pode se machucar”, afirma o stylist e editor de moda Fábio Paiva. Lenços podem ser usados no pescoço ou até como tiaras e turbantes.

 

Acessórios para meninos e meninas

 

Tanto para mulheres quanto para homens, os chapéus de palha também são uma opção para proteger do sol e ficar na moda.

Bolsas

 

Bolsas tiracolo, usadas na transversal, são uma boa alternativa às mochilas. “Elas deixam os looks mais interessantes”, diz Polack. Independentemente do modelo, mais importante é o que levar nelas. Protetor solar e óculos escuros são necessários. “Também é legal levar uma echarpe grande, que pode servir de canga para descansar”, lembra Chiara.

 

Para possíveis quedas de temperatura, leve blusas e casacos, mas é preciso cuidado com o tamanho das peças. “Quanto menos volume tiver, menos transtorno."

Fonte: VEJA SÃO PAULO