Especiais

Como aproveitar as férias em Sampa

Por: Bruna Furlan e Marcelo Cobra - Atualizado em

Como aproveitar as férias em Sampa Foto 2
(Foto: Veja São Paulo)

Montamos um guia com as principais atrações turísticas da capital e, para ninguém passar fome, o roteiro é reforçado com sessenta sugestões para lanchar, almoçar, jantar ou bebericar nos arredores

  • Na parte destinada ao esporte, estão ciclovia, pista de cooper, quadras e playground
    Saiba mais
  • Rua 25 de Março: compras e multidão

    Atualizado em: 28.Jan.2011

    Produtos encontrados vão de bijuterias às roupas e objetos de decoração orientais
    Saiba mais
  • Bairro tem vida cultural e gastronômica agitada
    Saiba mais
  • Diversão é garantida para as crianças e também para os adultos
    Saiba mais
  • Vão livre de 74 metros de altura do museu foi feito para não prejudicar a vista do centro da cidade
    Saiba mais
  • Igreja projetada pelo arquiteto alemão Maximillian Hehl é um dos maiores templos góticos do mundo
    Saiba mais
  • Local é repleto de lojas de produtos orientais, cosméticos e comidas típicas
    Saiba mais
  • Diariamente, circulam por lá de 11 000 a 25 000 pessoas
    Saiba mais
  • Visitas podem ser feitas de segunda a sexta, das 10h às 17h
    Saiba mais
  • Recursos audiovisuais e tecnológicos tomam conta do lugar
    Saiba mais
  • Parques

    Zoológico de São Paulo

    Avenida Miguel Estéfano, 4241, Saúde

    Tel: (11) 5073 0811

    5 avaliações

    O Zoológico de São Paulo é um passeio para toda a família. Entre elefantes, leões, tucanos e cobras, reúne aproximadamente 3 200 animais espalhados em 824 529 metros quadrados de Mata Atlântica. Em maio, nasceu mais um filhote de girafa no parque, uma fêmea batizada de Ágatha. Uma dica: ela só sai do recinto coberto quando o tempo está mais quente.

    Saiba mais
  • Construções históricas

    Torre do Banespa (mudou de nome para Edifício Altino Arantes - Santander)

    Rua João Brícola, 24, Centro

    1 avaliação
  • Museus

    Masp

    Avenida Paulista, 1578, Bela Vista

    Tel: (11) 3149 5959

    VejaSP
    16 avaliações

    O mais importante museu da América Latina reúne 8000 obras em seu acervo, a maior coleção de arte europeia fora do continente e dos Estados Unidos. Quadros emblemáticos de Van Gogh, Renoir, Rembrandt, Monet, Manet, Picasso, Modigliani impressionam qualquer pessoa que passa por lá. A coleção, porém, vai muito além disso: tem núcleos dedicados à arte brasileira, moda, arqueologia, fotografia, entre outros. Desde o segundo semestre de 2014, a instituição tem como presidente o empresário Heitor Martins, que convidou Adriano Pedrosa para ser o diretor artístico da instituição. Atualmente, o Masp tem passado por uma fase de grandes mudanças em sua programação, conselho, café, loja e estrutura.

    Sua mais importante mudança é a volta dos cavaletes de vidro a partir de dezembro de 2015. Eles foram criados pela arquiteta ítalo-brasileira Lina Bo Bardi, também autora do projeto do atual prédio da instituição, na Avenida Paulista, inaugurado em 1969. Por si só, a construção de vidro e concreto aparente, é um desenho único; e seu vão-livre, uma referência para todo o mundo. Para expor os quadros que estavam sendo, então, garimpados pelo empresário Assis Chateaubriand e crítico Pietro Maria Bardi, Lina criou cavaletes presos a blocos de concreto, de maneira que, dependurados, os quadros "flutuam". Em 1996, durante a gestão de Julio Neves, a expografia foi derrubada, e substituída por paredes tradicionais.

    Saiba mais
  • Construções históricas

    Catedral da Sé

    Praça Da Sé, s/n, Sé

    Tel: (11) 3107 6832

    5 avaliações

    A construção de estilo neogótico começou em 1912, após a demolição da primeira igreja matriz da cidade, que estava deteriorada. A inauguração, porém, só veio em 1954, depois de décadas de cofres esvaziados pelas duas grandes guerras. Projetada pelo professor da Escola Politécnica Maximilian Hehl, a edificação tem 5.700 metros quadrados de área. É ornamentada com estátuas de bronze, painéis em alto-relevo e vitrais confeccionados por artistas brasileiros e estrangeiros. O órgão italiano é o maior da América do Sul, com cinco teclados manuais e cerca de 12.000 tubos lapidados a mão. Para ouvir o badalo dos 61 sinos, passe por lá às 12h ou às 18h. As visitas monitoradas acontecem todos os dias das 10h às 11h30 e das 13h às 17h30 (aos sábados, até 16h30), exceto às segundas-feiras e no último domingo do mês.

    Saiba mais
  • Construções históricas

    Mercado Municipal

    Rua Da Cantareira, 306, Luz

    Tel: (11) 3228 9332

    12 avaliações

    Aos 80 anos, o Mercado Municipal de São Paulo, ou Mercadão, como é conhecido, é um  dos edifícios mais emblemáticos da capital. Ao longo de décadas, passou de um espaço frequentado principalmente por donos de restaurantes a um ponto turístico movimentado. No mezanino, há bares e restaurantes de diversas nacionalidades. Prove o pastel de bacalhau do Hocca Bar e o sanduíche de mortadela com queijo do Bar do Mané.

    Saiba mais
  • Museus

    Museu da Língua Portuguesa

    Praça Da Luz, s/n, Bom Retiro

    Tel: (11) 3322 0080

    7 avaliações

    O museu já realizou homenagens a escritores como Fernando Pessoa, Machado de Assis, Clarice Lispector e Cazuza. Nas montagens permanentes, o espaço se dedica à valorização da língua portuguesa, usando a tecnologia para apresentar os conteúdos. O Beco das Palavras, por exemplo, é uma mesa interativa usada para formar vocábulos e descobrir seus significados e origens. Já a Linha do Tempo mostra aos visitantes a história do idioma. Há ainda um telão de 106 metros com projeções simultâneas sobre o uso do português e totens com a influência de outras línguas como tema. Observar com atenção a estrutura do prédio onde o museu está instalado também faz parte do passeio. Na Estação da Luz, o edifício é um patrimônio histórico do Século XIX.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO