especial

VEJA COMER & BEBER São Paulo 2014: bares onde levar um estrangeiro

Confira a seleção dos endereços que devem ser conhecidos por visitantes de fora

Por: Saulo Yassuda

Empório Sagarana
O pequeno salão: simples e sedutor (Foto: Mario Rodrigues)

A edição especial VEJA COMER & BEBER São Paulo reúne 200 bares. Abaixo, a seleção dos lugares para se levar um amigo do exterior.

  • Bares variados

    Astor

    Rua Delfina, 163, Vila Madalena

    Tel: (11) 3815 1364

    VejaSP
    13 avaliações

    É o endereço classudo da Cia. Tradicional de Comércio, dona também do Pirajá e do Original. Cartazes, espelhos rabiscados e lustres antigos dão aura nostálgica ao endereço, ocupado por um público que passou dos 30 anos. A carta foi renovada com a inclusão de doze drinques, a R$ 31,00 cada um. Faz bonito o sutil fish house punch (brandy, rum, licor de damasco, limão e angustura), tirado diretamente da torneira de chope. Falando nele, o chopinho da Brahma (R$ 8,10) tem agora a companhia do appia (R$ 12,00), da Colorado, extraído com o colarinho bem denso. Quando vier o apetite, o picadinho (R$ 49,00) se mostra uma boa escolha. Chega com arroz, farofa, caldo de feijão e banana à milanesa.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bar-restaurante

    Bar da Dona Onça

    Avenida Ipiranga, 200, Centro

    Tel: (11) 3257 2016

    VejaSP
    31 avaliações

    No decorrer do ano, a chef Janaina Rueda apareceu em programas de TV, reformulou a merenda da rede estadual e ajudou o marido, Jefferson Rueda, a montar A Casa do Porco Bar. Mesmo tão ocupada, ainda conseguiu manter a qualidade desta casa. Reinam no menu receitas difíceis de não agradar, como a moela úmida de aperitivo (R$ 43,00) e o mexido de arroz, feijão, carne moída, couve e farinha coberto de ovo frito (R$ 49,00). Saboroso, o bloody mary (R$ 32,00) é uma ótima maneira de iniciar a petiscaria.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Botecos

    Bar do Luiz Fernandes

    Rua Augusto Tolle, 610, Mandaqui

    Tel: (11) 2976 3556

    VejaSP
    25 avaliações

    Trata-se de um dos mais autênticos (e bombados) botecos da cidade, fundado pelo casal Luiz e Idalina Fernandes, homenageado como a dupla personalidade gastronômica neste ano. Os ambientes com as banquetas de plástico sempre ocupadas ganharam nova companhia, o salão extra dos fundos. Contribuiu para a fama do lugar o ótimo bolinho de acém moído, que tem uma incrível crosta tostadinha (R$ 5,00). A mesma receita virou uma porção de almôndegas: vem na tigela em molho de tomate e é apelidada de mamma mia (R$ 10,00). Molhe a garganta com uma despretensiosa cervejinha em garrafa (Bohemia, R$ 12,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Botecos

    Canto Madalena

    Rua Medeiros de Albuquerque, 471, Vila Madalena

    Tel: (11) 3813 6814

    VejaSP
    4 avaliações

    Amplo, o bar instalado em uma região menos festeira da Vila Madalena tem uma agradável atmosfera. Toalhas de diferentes cores, samambaias e bonequinhos dão todo o charme ao salão. Comece com o pastelzinho de palmito (R$ 26,00), de recheio saboroso. Siga com o baião de dois, um mix de arroz, feijão-de-corda, carne-seca em cubos, costela suína e queijo de coalho. A receita pode ser pedida nas versões petisco (R$ 23,00) ou prato (R$ 69,90). Para bebericar, além da cervejinha tradicional em garrafa, há uma atraente seleção de cachaças.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Casa de Francisca

    Rua José Maria Lisboa, 190, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3052 0547

    VejaSP
    Sem avaliação

    Somente 44 pessoas têm a oportunidade de estar ali a cada noite. Por isso, é imprescindível fazer reserva para curtir os shows intimistas de gente como Arrigo Barnabé, Tulipa Ruiz e Rômulo Fróes. A maioria do público é formada por casais e costuma pedir uma garrafa de vinho. Mas há também drinques, como o gim-tônica (R$ 35,00). Com o mesmo espírito de compartilhamento, saem comidinhas como a porção de faláfel acompanhada de pão sírio mais pepino e beterraba cortados em bastões (R$ 30,50). Em respeito aos músicos, as pedidas só são servidas antes ou depois das apresentações. Até o fim do ano, está prevista a inauguração da segunda unidade, dentro de um palacete histórico na Rua Quintino Bocaiúva, no centro.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Empório Sagarana

    Rua Marco Aurélio, 883, Vila Romana

    Tel: (11) 3539 6560

    VejaSP
    2 avaliações

    Seu clima de boteco no meio do nada atrai um público sem frescura. Se o movimento dos dias de semana não é mais o mesmo, é possível pegar uma espera de meia horinha às sextas e aos sábados. Nenhum incômodo que uma das cinquenta cachacinhas da casa não ajude a aliviar. De Paraty, vem a Paratiana (R$ 18,00), que descansa em tonéis de amendoim. A lista de cerveja inclui a Touro Sentado (R$ 24,00, 330 mililitros), uma agradável IPA da cervejaria Dogma. Na linha de petiscos, a bruschetta de queijo de cabra e tomate sai a R$ 30,00. Na filial da Vila Madalena, a seleção de tira-gostos é reduzida.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Filial

    Rua Fidalga, 254, Vila Madalena

    Tel: (11) 3813 9226

    VejaSP
    6 avaliações

    Foi o primeiro endereço (ainda em atividade) inaugurado pelos irmãos Altman na Vila Madalena. A cozinha segue até as 3h30 às sextas e aos sábados, o que fez com que a casa ganhasse status de bar de fim de noite. O salão, com jeito de boteco antigo, fecha mais tarde ainda. Os garçons, espertos, ficam de olho nas mesas e repõem rapidamente (até demais) o bem tirado chope Brahma (R$ 7,90). Há também cerca de cinquenta rótulos de cachaça. A linguiça toscana na chapa chega junto de farofinha e couve frita (R$ 34,50).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Frangó

    Largo da Matriz de Nossa Senhora do Ó, 168, Freguesia Do Ó

    Tel: (11) 3932 4818

    VejaSP
    21 avaliações

    Lá no alto da Freguesia do Ó, este bar de quase trinta anos foi um dos primeiros da cidade a se dedicar às cervejas especiais. Pesada e cheia de páginas, a carta traz 430 rótulos catalogados, como o alcoólico St. Feuillien Grand Cru (R$ 42,00, 330 mililitros), da Bélgica. Gelada da casa, a american pale ale produzida pela Colorado sai a R$ 22,00 (600 mililitros). O menu, célebre pela coxinha (R$ 5,00), ganhou um sopro de renovação com receitas do chef Marcelo Corrêa Bastos (Jiquitaia), entre elas o beirute de cupim (R$ 28,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Drinques

    Isola

    Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 2041, Vila Nova Conceição

    Tel: (11) 3168 1333

    VejaSP
    1 avaliação

    É visível que os sócios do restaurante Tre, no Shopping JK Iguatemi, vêm tentando bombar o Isola, montado dentro do estabelecimento. Afinal, o barman Spencer Amereno Jr., antiga estrelado balcão e premiado duas vezes por VEJA COMER & BEBER, desligou-se da casa em março de 2015 e levou parte da clientela para o Frank Bar, na Bela Vista. Nas noites mais tranquilas, por exemplo, é necessário atravessar todo o salão do bar para jantar no restaurante italiano (as entradas das duas casas, normalmente, são independentes). Os preços também diminuíram um pouco. Para baratear os custos, o lugar deu um passo atrás ao deixar de investir em insumos artesanais e nas belas apresentações — o que fez sua avaliação diminuir de quatro para três estrelas. Isso não significa que não se encontram pedidas atraentes na carta, executada pela equipe de barmen. Vai bem a releitura do caju amigo apelidada de sottomarino giallo inglese (gim, compota da fruta, limão e soda de caju; R$ 32,00). Outra atração se chama anubis e leva cachaça, jabuticaba, limão e xarope de açúcar mascavo (R$ 28,00).

    Preços checados em 10 de fevereiro de 2016.

    Saiba mais
  • Botecos

    Mercearia São Pedro

    Rua Rodésia, 34, Vila Madalena

    Tel: (11) 3815 7200

    VejaSP
    5 avaliações

    Jornalistas, músicos e universitários adoram o bar — ao contrário da vizinhança, que não raro reclama da algazarra na calçada. No ambiente sem frescura, todos bebem garrafas e mais garrafas de cerveja (Original, R$ 11,00) e doses e mais doses de cachaça (Seleta, R$ 8,00). Na hora da fome, recorre-se a sandubas bem recheados, como o bauru na baguete com rosbife, queijo curado derretido, tomate e pepino (R$15,80), e ao pastel (R$ 5,00), que é oferecido de mesa em mesa das 19h às 22h. No almoço, os pratos variam conforme o dia da semana e todos dão direito ao bufê de acompanhamentos instalado em um carrinho de inox.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Paribar

    Praça Dom José Gaspar, 42, centro

    Tel: (11) 3159 0219

    VejaSP
    4 avaliações

    Conquista pela localização, bem de frente para a Praça Dom José Gaspar. Dica: os melhores lugares ficam na varanda, voltada para a área arborizada. O bar foi ponto de encontro de intelectuais nos anos 50 e acabou fechando na década de 80. Nesta nova encarnação, o público é mais eclético e inclui tipos descolados que circulam pelo centro. O cardápio está cada vez mais enxuto e nem sempre tudo sai da cozinha no ponto, mas dá para pedir os triviais pastéis de carne e queijo para petiscar (R$ 25,40) junto da cerveja em garrafa (Serramalte, R$ 12,50).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Pé de Manga

    Rua Arapiraca, 152, Vila Madalena

    Tel: (11) 3032 6068

    VejaSP
    48 avaliações

    Boa parte das mesas fica em um bonito jardim, sob três frondosas mangueiras, o que faz deste um lugar para bebericar sem pressa. A maioria vai de caipirinhas como a do mesquita (R$ 34,00), que combina vodca, tangerina e manjericão no copo alto. Quem não dispensa um fermentado tem à disposição chope Brahma (R$ 8,30). Os comes nem sempre agradam, mas há pedidas certeiras, como o bolinho de picanha acompanhado de vinagrete (37,00, dez unidades) e uma trivial bruschetta de tomate, parmesão e manjericão (R$ 26,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Peixaria Bar e Venda

    Rua Inácio Pereira da Rocha, 112, Vila Madalena

    Tel: (11) 2589 3963

    VejaSP
    21 avaliações

    É um concorrido bar de espírito praiano, decorado com penduricalhos como cestos, latas de conserva e até produtos de mercearia. Para acompanhar a cerveja em garrafas de 600 mililitros, agora só das marcas Heineken (R$ 11,50) e Amstel (R$ 9,80), peça o trio de aperitivos frios (R$ 58,00), que pode incluir o macio polvo ao vinagrete, o ceviche de robalo com um toque de gengibre e as sardinhas marinadas enroladas. Boas caipirinhas complementama bebericagem.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Pirajá

    Avenida Brigadeiro Faria Lima, 64, Pinheiros

    Tel: (11) 3815 6881

    VejaSP
    19 avaliações

    O bar de jeitão carioca ganhou a terceira unidade na cidade em julho, a poucos metros da Avenida Paulista. Assim como nos demais endereços, o visitante encontra um ambiente desencanado e propício para bebericar uma caipirinha. Continua uma delícia a de dois limões (o taiti e o siciliano), mais rapadura (R$ 22,00). Novo petisco, o bolinho de mandioquinha guarda um saboroso recheio de carne de sol, pimenta cambucie catupiry (R$ 28,00 a porção). Está prometida a abertura de uma loja no Shopping Eldorado até novembro.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

     

    Saiba mais
  • Botecos

    Sabiá

    Rua Purpurina, 370, Vila Madalena

    Tel: (11) 3032 1617

    VejaSP
    3 avaliações

    Uma agradável atmosfera boêmia encanta quem visita o Sabiá. O chão de ladrilhos e a iluminação baixinha, misturada à luz da rua filtrada pelos janelões, dão aquela imagem de sossego que a Vila Madalena perdeu por aí. A calmaria só é rompida pelo ruído da freguesia, contente em tomar um chope tirado no ponto (Eisenbahn Pale Ale R$ 10,00) e saborear as receitas que Graziela Tavares traz da cozinha. “Faço comida caseira”, conta a chef, desde 2011 na sociedade junto dos irmãos Leonardo e Stefânia Gola. Hipermacia, a língua bovina em fatias ao molho de vinho, com arroz e um sedoso purê de mandioquinha (R$ 40,00), é apenas um dos preparos cada vez mais apurados de forma deliciosamente simples no botequim.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Botecos

    São Cristovão

    Rua Aspicuelta, 533, Vila Madalena

    Tel: (11) 3097 9904

    VejaSP
    12 avaliações

    Trata-se do melhor bar da Rua Aspicuelta, a mais agitada da Vila Madalena. É difícil não perceber que este botequim é devoto do futebol. Imagens, recortes, ingressos e outros objetos ligados ao esporte forram as paredes. Conhecido pelo ótimo chope, o lugar trocou a marca da bebida no começo do ano. Saiu de cena a Brahma, que foi substituída pela Heineken (R$ 8,00), tirada como se deve. Se não é fã desse chope, peça caipirinha,muito bem preparada (R$ 19,00). Na hora do petisco, lembre-se dos pasteizinhos de escarola e um toque de aliche: são dos bons (R$ 26,00, oito unidades).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Skye (Bar)

    Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 4700, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3055 4700 ou (11) 3055 4702

    VejaSP
    6 avaliações

    Eis um lugar para bebericar à beira da piscina, esparramado em grandes pufes ou mesinhas sob guarda-sóis enquanto se admira o acachapante skyline da cidade. Anexo ao restaurante de mesmo nome, na cobertura do Hotel Unique, alonga-se por um deque de 27 metros, onde casais disputam espaço com turmas de amigos e estrangeiros de passagem pela cidade. Os comes apenas cumprem seu papel e não chegam a empolgar. Além de sushis, há itens como a casquinha de camarão (R$ 48,00). Configura pedida mais acertada o chope Heineken (R$ 15,00) ou, a depender da ocasião, uma garrafa de champanhe Perrier-Jouët Blason Rosé (R$ 590,00).

    Preços checados em 18 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Z Carniceria

    Avenida Brigadeiro Faria Lima, 724, Pinheiros

    Tel: (11) 2936 0934

    VejaSP
    9 avaliações

    A sensação é de déjà-vu. Nos anos 80 e 90, funcionou no endereço a casa de shows Aeroanta. E o “novo” nome, o proprietário Facundo Guerra pegou emprestado de outro bar que ele tocou na Rua Augusta. Ainda assim, a casa trouxe um agito cheio de frescor ao Largo da Batata. De quinta a sábado, atrações de jazz, blues, folk e rock apresentam-se no lugar. E o público encontra ótimas comidinhas e drinques. Peça o st. james (R$ 28,00), mistura de rum, limão e redução de cerveja com melaço de cana.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO