Gastronomia

Comer & Beber 2012-2013: chef do ano

Alex Atala, do restaurante D.O.M.

Por: Arnaldo Lorençato

Comer & Beber 2012-2013 - Alex Atala
O mestre-cuca que virou celebridade: quinta vitória, a segunda consecutiva (Foto: Ligia Skowronski)

Eis um chef-celebridade. Dentro do Brasil e além das nossas fronteiras. No concurso promovido pela revista inglesa “Restaurant” e divulgado em abril, Alex Atala teve o seu restaurante, o D.O.M., escolhido como o quarto melhor do mundo pelo júri composto de especialistas de todas as partes do planeta.

+ Conheça os vencedores da edição Comer & Beber 2012-2013

A ascensão da casa de cardápio contemporâneo e o prestígio do proprietário são notáveis. Quando apareceu pela primeira vez na lista, em 2006, o D.O.M. estava em 50º lugar. Essa mesma consagração se repete também por aqui. Mais uma vez, Atala foi eleito chef do ano pelos jurados de VEJA SÃO PAULO. É sua quinta vitória desde a existência do prêmio e a segunda consecutiva. Um feito.

Além da repercussão de sua escalada internacional, pesaram na conquista de mais este título o alto nível das receitas criadas por ele e executadas com regularidade por seu braço direito, o subchef Geovane Carneiro. São mimos ao paladar a preços altíssimos que podem ser escolhidos tanto à la carte quanto em um menu degustação em quatro ou oito etapas.

Das receitas mais recentes, há um brilho especial (tanto pela técnica quanto pela harmonia de ingredientes) no camarão frio enfeitado com pétalas de cebolinha ao tamarindo e mergulhado em caldo suave de cajuína mais picles de chuchu. Outra pedida primorosa, o copa lombo de javali traz na paleta de acompanhamentos a farofinha crocante de pimenta-de-cheiro e o purê de banana-da-terra.

Fonte: VEJA SÃO PAULO