Humor

Comedians é o primeiro teatro paulistano dedicado à stand-up

Localizado no Baixo Augusta, novo espaço reúne um salão com capacidade para 300 pessoas, um bar e um palco, inspirado nos clubes de comédia americanos

Por: Catarina Cicarelli - Atualizado em

Comedians 2188
Danilo Gentili, Ítalo Gusso e Rafinha Bastos, proprietários do espaço: capacidade para 300 pessoas (Foto: Mario Rodrigues)

Apesar de ser um termo inglês, hoje a stand-up comedy dispensa apresentações. A comédia na qual os artistas fazem piada apenas com um microfone na mão, sem personagens ou fantasias, ganhou espaço na programação de bares e teatros da cidade. Mas, como faltam palcos dedicados ao gênero, alguns atores já tiveram de se apresentar em pizzarias e churrascarias, caso de Danilo Gentili e Rafinha Bastos, integrantes do programa 'CQC', da Band. Cansados de passar por situações como ter de aturar um liquidificador ligado durante o show, eles se inspiraram nos clubes de comédia americanos para criar o que seria o primeiro endereço inteiramente voltado ao humor na cidade.

Batizado de Comedians, o teatro tem previsão de abertura nesta quarta (27), com uma festa para convidados, e a partir de sexta-feira (29) para o público. O show de estreia contará com a presença dos humoristas Oscar Filho e Bruno Motta, entre outros. A casa fica localizada em um galpão de 600 metros quadrados na Rua Augusta, em Cerqueira César, onde antes funcionava uma loja especializada em som e alarmes para automóveis. “Todo comediante sonha com um lugar perfeito para trabalhar”, diz Rafinha. Ele conta, no entanto, que foi difícil encontrar quem assumisse o projeto. “Ninguém queria ser empresário, mas eu gosto de me meter onde não sou chamado.” O Comedians é comandado ainda pelo agente e assessor de imprensa da dupla, Ítalo Gusso.

stand-up 2188
Danilo Gentili, Rafinha Bastos, Mell Maher, Oscar Filho e Marcelo Mansfield são atrações dp Comedians (Foto: Divulgação)

Uma companhia especializada em cenários ficou responsável pela reforma do prédio, que tem dois ambientes. Na entrada, há um bar, decorado com um pôster autografado pelo comediante americano Jerry Seinfeld, ícone do gênero na década de 90, e com fotos de artistas nacionais como Marcelo Mansfield e Diogo Portugal.

O salão, com capacidade para 300 pessoas, não possui colunas. Tem três níveis de altura, para que a circulação de garçons não prejudique (muito) a visão do público. O palco, pequeno e baixo, serve para aproximar o comediante de quem está na plateia. A influência americana aparece também no cardápio, que traz como opções hambúrgueres, nachos, cheesecake, cupcakes e torta de maçã. Além de dar vez a artistas tarimbados, o teatro dedicará uma noite por semana a uma espécie de karaokê, na qual os presentes poderão contar as próprias piadas. “Queremos fazer deste lugar uma referência para novos talentos”, afirma Danilo. A única exigência é que o engraçadinho iniciante tenha um texto autoral. “Este aqui vai ser o quintal da nossa casa”, diz Rafinha.

Atrações do primeiro fim de semana

SEXTA, 29 – 21H

Rafinha Bastos, Robson Nunes, Oscar Filho, Bruno Motta e Marcelo Mansfield

SÁBADO, 30 – 21H

Rafinha Bastos, Danilo Gentili, Marcelo Mansfield e Mell Maher

DOMINGO, 31 – 20H

Rafinha Bastos, Danilo Gentili, Luiz França, Patrick Maia, Carol Zoccoli

Fonte: VEJA SÃO PAULO