Mistérios da Cidade

Consultor financeiro coleciona itens da família Matarazzo

Entre os 300 artigos de seu acervo, destaca-se uma ambulância de 1980

Por: Alexandre Nobeschi (com reportagem de Adriana Farias e Alessandra Freitas)

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Se depender do consultor financeiro José Antonio Penteado Vignoli (foto), de 53 anos, a história da tradicional família Matarazzo não cairá no esquecimento. Há mais de três décadas ele coleciona itens de membros do clã, responsável pela construção do maior conglomerado industrial da América Latina no início do século XX.

+ Dez motivos para visitar o Shopping Cidade São Paulo, construído onde ficava a mansão Matarazzo

Entre os 300 artigos amealhados por Vignoli, um dos mais curiosos é a ambulância Caravan fabricada em 1980 que pertencia à Química Matarazzo S/A. Os objetos estão divididos entre sua casa na região central e um galpão no centro. Para vê-los, no entanto, só quando há convites de instituições. “As pessoas não têm noção do que os Matarazzo representaram porque não se preservou a história”, lamenta o colecionador.

+ Mapa curioso de São Paulo reúne 1300 peças históricas

Fonte: VEJA SÃO PAULO