Consumo

Cliente diz ter encontrado prego enferrujado em pão

O produto foi comprado no Pão de Açúcar de Perdizes

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

prego-pao-de-acucar
A imagem que Liliane postou nas redes sociais (Foto: Reprodução/Twitter)

Um casal cliente do Pão de Açúcar diz ter sido surpreendido por um prego enferrujado dentro de um pão comprado em uma das unidades da rede de supermercados. O caso foi registrado em boletim de ocorrência. 

+ Criador do Orkut lança nova rede social

Na última terça (20), a consultora de mídias sociais Liliane Ferrari e o marido trouxeram para casa um pacote comprado na filial Apinajés, em Perdizes. Estavam sentados à mesa com a filha quando o homem mordeu um dos pães e percebeu a presença de algo estranho dentro da massa. "Quando ele tirou o pedaço da boca, percebemos que era um prego enferrujado", contou ela. 

03
As assadeiras encontradas por Liliane na padaria do estabelecimento (Foto: Liliane Ferrari)

Ambos voltaram à loja e foram convidados pelo gerente a conhecer a padaria do estabelecimento. "As formas e assadeiras estavam no chão", disse Liliane. Segundo ela, o gerente garantiu que a produção e a venda dos pães seria suspensa no dia seguinte, o que não aconteceu. Irritada, voltou ao local pela manhã e chamou a polícia para registrar o caso.

Em nota, a holding responsável pelo Pão de Açúcar afirmou que os pães vendidos nos supermercados da rede são pré-fabricados por uma empresa terceirizada, seguindo padrões previstos pela legislação. A rede esclareceu ainda que durante a distribuição nas lojas, os produtos "não tem qualquer contato com equipamentos contendo pregos".

"Tão logo soube do ocorrido, a unidade iniciou um trabalho de investigação interna para verificação da denúncia e, preventivamente, já descartou os pães produzidos na ocasião. A loja lamenta o inconveniente causado e informa que realizou a troca do produto e ofereceu ainda exame médico preventivo, o que foi negado pelo cliente, e ressalta ainda que tem mantido contato frequente com o cliente."

Fonte: VEJA SÃO PAULO