Concurso

Comida di Buteco: cinquenta bares disputam melhor petisco

Até o fim do mês, clientes poderão votar nos seus nos quitutes favoritos

Por: Bruno Cesar Dias - Atualizado em

rota di buteco
Um mês de petiscos: mini acarajés do Rota do Acarajé está na disputa (Foto: Divulgação)

Apesar de ser a primeira edição do concurso Comida di Buteco em São Paulo, o evento já é um velho conhecido do paulistano. De 2004 a 2009, o Boteco Bohemia agitou as rodas da gastronomia informal e reuniu de pés-sujos e bares arrumadinhos em disputa pelo título de bar do ano. Depois de um intervalo de três anos, o evento retorna com seu nome original e algumas mudanças.

“O grupo fundador tocou o evento para a Ambev da estreia em São Paulo até 2007. Quando o patrocínio encerrou, fizemos um intervalo e decidimos, no ano passado, voltar para a capital paulista, pois há muito tempo queríamos trazer o nome original para cá”, explica o gastrônomo e organizador Eduardo Maya, a frente do Comida di Buteco desde a primeira edição, em 2000, em Belo Horizonte. Hoje, o evento abarca 16 cidades e calcula um público local de 2,3 milhões de pessoas.

Para esta edição, os organizadores novamente percorreram os bares paulistanos por cerca de cinco meses e dividiram a cidade em cinco regiões. “Tentamos garantir dez bares em cada área para que o paulistano possa viver o festival na sua região, sem precisar atravessar a cidade”, comenta Maya.

Ao contrário das edições anteriores, não haverá a Festa da Saideira e a decisão do melhor petisco será uma média entre os votos do público e os do corpo de jurados, formado por botequeiros profissionais, jornalistas e profissionais da gastronomia. “Entendemos que é o critério mais justo, pois o jurado funciona como um contraponto ao fiel botequeiro, aquele que vota várias vezes, por coração”. A premiação, prevista para 10 de julho, será no Mercadão. Confira aqui os participantes.

Fonte: VEJA SÃO PAULO