Mobilidade

Metrô fará outra ciclovia no Rio Pinheiros durante obra do monotrilho

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

Ciclofaixa na Marginal Pinheiros_2190
Ciclovia da Marginal Pinheiros funciona diariamente (Foto: Adriano Vizoni)

Depois de chegar a um acordo com cicloativistas e com o Ministério Público Estadual, o Metrô vai construir uma ciclovia alternativa no Rio Pinheiros durante as obras do monotrilho. A nova faixa terá cerca de oito quilômetros de extensão e funcionará entre as pontes João Dias e Cidade Jardim.

+ Ciclistas protestam contra fechamento da ciclovia do Rio Pinheiros

+ Após reclamações, secretaria suspende fechamento de ciclovia

Há cerca de um mês o Metrô anunciou o fechamento da pista, sem oferecer qualquer alternativa aos usuários. Cicloativistas logo se uniram contra a decisão e marcaram um protesto no local, obrigando a empresa a estabelecer um diálogo.

O novo trecho da ciclovia será feito em uma pista da EMAE no outro lado do rio. Como a construção levará pelo menos três meses, durante esse período o Metrô vai disponibilizar quatro vans equipadas com paraciclos para fazer o percurso pela obra da Linha 17- Ouro.

Nas pontes João Dias e Cidade Jardim serão colocadas escadas e canaletas para a travessia de um lado para o outro. O Metrô colocará funcionários para ajudar os ciclistas, que poderão utilizar o acesso no mesmo horário da ciclovia da CPTM, das 5h30 às 19h30.

A decisão é considerada uma importante conquista para a associação Águas Claras do Rio Pinheiros. “O grande ganho é que a ciclovia vai aos poucos se transformando em uma das alternativas da cidade para a mobilidade urbana”, afirma a diretora executiva da organização Stela Goldenstein, que agora espera a continuidade da expansão da linha. “A ligação com o Terminal Pinheiros será um passo ainda maior.”

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO