Cidade

Ciclistas fazem manifestação na Avenida Paulista

Grupo organiza ato para pedir mais segurança para quem usa bicicleta. Na semana passada, mulher foi morta em assalto na Rodovia Fernão Dias 

Por: Veja São Paulo

Ciclistas Paulistas
Ciclistas participam de ato na Paulista na manhã deste domingo (Foto: J.Duran Machfee/Folhapress)

Na manhã deste domingo (26), um grupo de ciclistas se reuniu na Avenida Paulista, principal cartão-postal da cidade, para pedir mais segurança.

+ "É o pior passeio da minha vida”, diz filha de ciclista morta na Fernão Dias

O ato foi motivado após o assassinato de Consuelita Rosário da Silva Freitas. A ciclista foi morta enquanto pedalava, ao lado do marido, Leonardo Ferreira Freitas, na Rodovia Fernão Dias. Leonardo também foi ferido pelos disparos feitos pelos criminosos. 

+ Polícia prende dois suspeitos por morte de ciclista em Guarulhos

A manifestação na Paulista começou por volta das 10h, na Praça do Ciclista. O grupo seguiu para a Zona Leste e finalizou a pedalada no Parque Tiquatira, na Penha. De acordo com a Polícia Militar, cerca de oitenta pessoas participaram do ato. 

No último dia 21, Consuelita foi homenageada em em ato nos Jardins. O evento começou na esquina das alamedas Lorena e Joaquim Eugênio de Lima, nos Jardins. Segundo Bia Murano, uma das organizadoras, seis grupos de ciclistas confirmaram presença.

Crime

De acordo com a polícia, Consuelita Rosário da Silva Freitas e o amigo, de 46 anos, tiveram as bicicletas levadas por um bando de marginais, que surgiu de um dos acostamentos na pista sentido Belo Horizonte da rodovia federal. As vítimas não reagiram ao assalto.

+ Confira as principais notícias da cidade

Quando a Polícia Rodoviária Federal chegou ao local, Consuelita já estava morta. A polícia predeu dois suspeitos de cometer o crime. O caso é investigado pelo Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos.

Fonte: VEJA SÃO PAULO