MOBILIDADE

Ciclista atropelada na Faria Lima é modelo

Mariana Livinalli Rodriguez pedalava na região do Largo da Batata quando colidiu com ônibus

Por: Estadão Conteúdo

Ciclista Faria Lima
A modelo Marina Livinalli Rodriguez: acidente na região do Largo da Batata (Foto: Reproduçao)

Uma ciclista de 25 anos atropelada por um ônibus na ciclovia da Avenida Brigadeiro Faria Lima, nesta terça-feira (1º), está internada em estado grave no Hospital das Clínicas, com traumatismo craniano. A modelo Mariana Livinalli Rodriguez pedalava pela Rua Chopin Tavares de Lima e, ao fazer uma conversão para a pista de bikes da avenida, foi atingida de frente por um ônibus que trafegava no sentido Pinheiros, na zona oeste, e acessava a mesma rua por onde ela vinha. Ela estava sem capacete.

+ Ciclista se fere após bater em ônibus na região do Largo da Batata

O caso foi registrado como lesão corporal culposa (sem intenção). O motorista da linha Terminal Pinheiros - Terminal Parque Dom Pedro II afirmou em depoimento que o semáforo estava verde para ele.

Segundo o boletim de ocorrência, peritos do 14º DP (Pinheiros) foram até o local do acidente e constaram que, "possivelmente a vítima não observou o semáforo fechado para ela e atravessou a via". Não há imagens de câmeras de monitoramento no ponto do acidente.

A ciclista nasceu em Soledade, no Rio Grande do Sul, morava sozinha em São Paulo e fazia trabalhos como modelo para a Agência Joy Model Management. Ela foi capa de duas edições da revista WOMEN'S HEALTH e de uma BOA FORMA, ambas da Editora Abril.

Se não fosse o contato com o trabalho, a jovem poderia não ser localizada pela família. De acordo com Thiago Bunduky, de 30 anos, relações públicas da agência, uma pessoa que não conhecia Mariana nem o trabalho dela entrou em contato a Joy porque viu, no celular dela, ligações para o local.

+ Confira as últimas notícias

"Chegou uma mensagem por meio do Facebook dizendo que uma modelo chamada Mariana Rodriguez tinha sido atropelada e levada ao Hospital das Clínicas", explicou. Uma equipe da agência foi até o local e a modelo estava sozinha. "Nós que informamos a família."

Nas redes sociais, o atropelamento causou comoção. O namorado postou uma foto da jovem no Instagram. "Esse dia (do acidente) você passou no meu trabalho para me dar um beijo e almoçamos juntos, como sempre, aprontamos e rimos muito! Eu bati umas 3 mil fotos suas e cada uma mais linda que a outra."

Resposta

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) lamentou o acidente. Em nota, o órgão afirmou que a conversão à esquerda feita pelo ônibus para a Rua Chopin Tavares de Lima é permitida. "Esse cruzamento é controlado por semáforo, com um foco específico para conversão de ônibus à esquerda e outro específico para ciclistas", disse a CET.

Fonte: VEJA SÃO PAULO