Cidade

Chuva promete dar uma trégua aos paulistanos durante a semana

Termômetros devem subir nos próximos dias e as madrugadas serão bem frias, segundo especialistas

Por: Redação VEJA SÃO PAULO

Trânsito - Marginal Pinheiros
Termômetros devem subir nos próximos dias em São Paulo (Foto: André Lessa/Estadão Conteúdo)

A manhã desta segunda (01) foi de chuva e frio na cidade e trouxe algumas consequências para as ruas. De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), foram registrados 55 quilômetros de trânsito até as 9 horas. Além disso, 22 semáforos estão apagados e outros dez em amarelo piscante.

Segundo o meteorologista Franco Villela, nesta manhã houve o índice de 13,2 milímetros de chuva na Zona Norte, 15,2 em Guarulhos e 6,7 em Moema (Zona Sul). Apesar disso, até o momento não há registro de nenhum ponto de alagamento.

+ Saiba como evitar as doenças de inverno

Para o decorrer da semana, a previsão é de que a temperatura seja mais agradável e a chuva dê uma trégua até o sábado, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A partir desta terça (2), os paulistanos vão sentir um vento moderado e ainda pequenos chuviscos, com os termômetros indicando temperaturas entre 13 e 17 graus e uma sensação térmica de 10 graus.

O meteorologista Franco Villela atenta também para as baixas temperaturas durante às madrugadas e adianta que a de quinta será a mais fria da semana, chegando aos 11 graus e sensação térmica bem abaixo. A partir de sexta (5) o céu continua com bastante nuvens e o sol promete aparecer, com a temperatura oscilando entre 12 e 25 graus.

Para o fim de semana o especialista afirma que a perspectiva é boa e a temperatura deve girar em torno dos 25 e 26 graus, mas, quando o sol for embora, as noites frias devem voltar.

Outro dado que chamou a atenção foi o volume de chuva no mês de junho, muito acima da média. No total, foram registrados 143,02 milimetros de chuva durante o período, que tem como índice normal 25,7 e 57,2 milímetros.

Fonte: VEJA SÃO PAULO