Temporal

Córrego transborda no Ipiranga e outdoor cai ferindo três pessoas

Temporal atingiu Zona Oeste, Leste, Sudeste e centro da capital; muro desabou na região do Largo da Batata e vítimas tiveram ferimentos leves

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Muro desaba chuva
Muro de uma construção caiu em cima de três pessoas na avenida Faria Lima, no Largo da Batata, durante forte chuva (Foto: Nelson Antoine/Frame/Folhapress)

A chuva forte que atingiu algumas regiões de São Paulo na tarde desta quarta (14) fez o Centro de Gerenciamento de Emergencias (CGE) colocar as Zonas Leste, Sudeste, Oeste, centro e as marginais Tietê e Pinheiros em estado de atenção para enchentes. Houveram registros de granizo pelo menos na Zona Sul da capital.

+ Da seca aos temporais: SP sofre com árvores caídas e falta de planejamento

De acordo com o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergência), o córrego Ipiranga, na Zona Sul, transbordou, por volta das 19h30, causando alagamento na avenida Tereza Cristina, altura da rua Tabor. Segundo os bombeiros, durante a chuva, um outdoor desabou na rua Cardeal Arcoverde, na altura da avenida Brigadeiro Faria Lima, e deixou três pessoas com ferimentos leves. 

No momento, não há mais estado de atenção para enchentes em todas as regiões da capital. Meteorologistas afirmam que a chuva deve perder força gradualmente e se deslocar em direção ao Oeste da Grande São Paulo nos municípios de Cotia, Carapicuíba e Itapevi.

Mais cedo, na rua Domingos de Moraes, na região da Vila Mariana, motoristas chegaram a parar os automóveis devido ao forte temporal com a presença de pedras de granizos. No restante da capital, chove forte ainda na Moóca e Vila Prudente. Na região do Brás a chuva é intensa e também há potencial para queda de granizo, descargas elétricas e rajadas de vento.

Chuva granizo
Região do Ipiranga teve queda de granizo na tarde desta quarta (14) (Foto: Ana Carolina Soares)

Previsão

Os próximos dias seguem com calor e pancadas de chuva no final das tardes. Na quinta (15) haverá sol entre nuvens desde as primeiras horas da manhã, com temperatura máxima prevista de 34ºC nas horas mais quentes do dia. As chuvas acontecem entre a tarde e a noite, de forma isolada e com forte intensidade sobre a capital, com potencial para a formação de alagamentos, rajadas de vento e eventualmente queda de granizo.

+ Alckmin admite que há racionamento de água

Na sexta (16) as condições atmosféricas não mudam. O dia amanhece com termômetros na casa dos 21ºC e durante a tarde a temperatura chega aos 33ºC. O sol forte associado com a chegada da brisa marítima no fim da tarde provoca a formação de nuvens carregadas, com potencial para a ocorrência de pancadas isoladas de chuva com intensidade forte.

Fonte: VEJA SÃO PAULO