Mistérios da Cidade

Preço do chope subiu mais que a inflação no período

Pesquisa de VEJA SÃO PAULO mostra que vários bares da cidade vendem a bebida com um valor acima do índice acumulado

Por: Maurício Xavier* - Atualizado em

Mistérios da cidade 2229 - chope
O Bar Balcão: reajuste acima da média (Foto: Heudes Regi)

Entre dezembro de 2001 e junho de 2011, a inflação acumulada no país foi de 88%. Vários bares da cidade elevaram o preço do chope acima desse índice no período. Uma pesquisa realizada por VEJA SÃO PAULO em onze estabelecimentos constatou que nove deles aplicaram reajustes que desceram amargo no bolso dos fregueses.

O Bar Balcão, no Jardim Paulista, por exemplo, subiu em 138% o valor da bebida. “Estou apenas repassando os aumentos do fornecedor”, diz Chico Milan, sócio da casa. “De acordo com a compra de cada estabelecimento, eles cobram um valor diferente.”

+ Onde tomar um chope em São Paulo

+ Produtos e serviços paulistanos são mais caros que em Nova York

+ Xaveco Virtual: nossa ferramenta para paquerar no Twitter

Já os clientes do Espírito Santo, no Itaim Bibi, tiveram uma boa surpresa. Por um chope gelado é preciso desembolsar 5,10 reais, 82% a mais do que em 2001. Atualizando o preço pelo valor da inflação, ficou até mais barato entornar uma tulipa por lá.

* Com reportagem de Carolina Giovanelli, Nathalia Zaccaro, Mariana Barros e Cristina Fernandez

Arte Chope
(Foto: Veja São Paulo)

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO