ROTEIRO

Oito paradas obrigatórias para beber diferentes tipos de chope

Bares da cidade apostam cada vez mais na bebida

Por: Saulo Yassuda e Fábio Galib - Atualizado em

Delirium Café
Delirium Café: torneiras de chope com 23 opções (Foto: Fernando Moraes)

Os bares paulistanos vêm aumentando a oferta de chopes na capital. A bebida, em diferentes cores e sabores, vai ocupando, pouco a pouco, um número maior de torneiras.

+ Conheça os balcões bacanas de São Paulo

Veja, abaixo, onde beber bons chopes na cidade.

Aé Sagarana: as 23 torneiras são estilizadas com chifres de boi ou de bode. Delas, sai a belga Tripel Karmeliet (R$ 32,00, 350 mililitros).

Ambar: são quinze bicos perfilados atrás do balcão, dos quais podem jorrar cervejas como a carioca Hocus Pocus APA Cadabra (R$ 25,00, 310 mililitros).

BrewDog Bar: deesde agosto não há mais torneiras com chope da marca própria. É possível provar bebida nacional como a Tarantino IPA (R$ 15,00, 284 mililitros).

BrewDog
BrewDog Bar: em Pinheiros (Foto: Fernando Moraes)

Cervejaria Ideal: vale descolar um lugar na área externa e bebericar um dos doze chopes nacionais, caso da Dama IPA, de Piracicaba (R$ 13,00, 300 mililitros).

Choperia São Paulo: a casa valoriza os pequenos produtores do estado e serve chopes como o saboroso Júpiter APA (R$ 12,00, 190 mililitros).

Choperia São Paulo chope
Choperia São Paulo: chopes saborosos (Foto: Ricardo D'Angelo)

Delirium Café: o endereço nascido em Bruxelas tem 24 torneiras de chope. Quem escolhe a ótima e cheirosa Delirium Tremens paga R$ 22,00 (250 mililitros).

Empório Alto dos Pinheirospioneiro no pedaço, tem 33 chopeiras. Há opções importadas, caso da red ale belga Duchesse de Bourgogne (R$ 25,00, 250 mililitros).

São Paulo Tap House: tem a maior coleção de chope da capital. Uma das quarenta opções é o Schornstein IPA (R$ 18,00, 330 mililitros), de Pomerode (SC).

Fonte: VEJA SÃO PAULO