Mistérios da Cidade

Artista plástico cria adesivos que retratam obras de sucata

Intervenções de Cholito ficam expostas por pouco tempo, em locais como a Avenida Sumaré e a Marginal Pinheiros

Por: Mauricio Xavier [com reportagem de Alexandre Aragão, Catarina Cicarelli e Isabella Villalba]

Mistérios 2210
Ponte Estaiada: adesivo fica no local por pouco tempo (Foto: Divulgação)

Desde 2009, o artista plástico Cholito sai pela cidade colando adesivos que retratam esculturas produzidas a partir de sucata. Cerca de sessenta obras suas já foram “expostas”, em espaços como a Avenida Sumaré, as marginais Pinheiros e Tietê, os muros do Cemitério do Araçá ou os pilares da Ponte Estaiada. “Uso objetos que encontro na rua e os devolvo à rua, na forma de arte”, conta. Os decalques não ficam no local por muito tempo, mas Cholito fotografa a degradação da imagem ao longo das semanas. Acaba sendo o único registro do trabalho, pois ele desmonta as esculturas para usar o material em outras peças. Seis dessas fotografias ficam até 30 de abril na galeria Arterix (Praça Benedito Calixto, 103, Pinheiros), na mostra “Dobradiça”.

Fonte: VEJA SÃO PAULO