Mistérios da Cidade

Público pode colar chiclete em escultura no centro

Obra do artista canadense Douglas Coupland em frente ao prédio do Centro Cultural Banco do Brasil até outubro

Por: Laura Ming

Gumhead- Douglas Coupland
Público interage com escultura colando chicletes na obra (Foto: Divulgação)

A partir de 6 de setembro, os paulistanos que passarem em frente ao clássico prédio do Centro Cultural Banco do Brasil, na Rua Álvares Penteado, no centro, serão convidados a fazer arte com chicletes (mastigados ou não, isso fica a gosto do freguês). Ali será instalada a escultura Gumhead, uma cabeça de 2 metros de altura feita de aço e espuma. No primeiro dia, ela é exposta limpinha, com sua cor predominantemente negra, mas sua aparência e textura mudam à medida  que o público cola as gomas de forma espontânea, tornand ose então colorida e ondulada (além de repugnante, alguns diriam). A obra é um “autorretrato” do artista canadense Douglas Coupland, que a apresentou pela primeira vez em maio, em frente à Vancouver Art Gallery, em seu país natal (foto) — na ocasião, bastaram duas semanas para cobri-la. Quem quiser contribuir com as pastilhas elásticas açucaradas pode grudá-las por aqui até 27 de outubro.

Fonte: VEJA SÃO PAULO