Especial

Beleza Natural inaugura sua primeira unidade paulista

Rede carioca especializada em cabelos cacheados abre salão em Santo Amaro. Outros dois pontos devem chegar à cidade até dezembro

Por: Carolina Romanini - Atualizado em

Ed. 2348 - Beleza Natural - Zica - Heloísa Assis
Heloísa Assis, a criadora do negócio: receita de 182 milhões de reais em 2012 (Foto: Divulgação)

No último dia 6, uma fila com quarenta mulheres formava-se às 8 horas no Mais Shopping, no Largo Treze, em Santo Amaro. A aglomeração não era causada pela abertura de uma rede de fast-fashion estrangeira nem pela presença de celebridades. Elas aguardavam a senha que daria direito a um horário na primeira unidade paulistana do Instituto Beleza Natural, especializado em cabelos crespos. Até o início de dezembro, serão inaugurados mais dois espaços, na Lapa e no Tatuapé. Sucesso no Rio de Janeiro há duas décadas, com crescimento médio na receita de 29% ao ano desde 2007, a empresa chega por aqui após se aliar ao fundo de investimentos GP, que comprou 33% de participação em julho por 70 milhões de reais. Além de dezessete unidades espalhadas pelo país, a marca tem uma fábrica de cosméticos em Bonsucesso, na Zona Norte da capital fluminense. Até recentemente, as fãs da rede em São Paulo precisavam embarcar em caravana para o Rio: o número de “turistas capilares” chegava a 120 por fim de semana.

Fundado em 1993 pela ex-empregada doméstica Heloísa Assis, maisconhecida como Zica, o Beleza Natural ganhou visibilidade por ser um dos primeiros salões a focar nos cachos, ainda nos tempos do reinado do alisamento químico e, posteriormente, da chapinha. “Eu estava cansada de ouvir que a única solução para o meu visual era acabar com os caracóis”, diz Zica. “Queria apenas que fossem mais bonitos.”

+ Zica, do Beleza Natural, dá três dicas para manter os cachos sempre belos

Ed. 2348 - Beleza Natural - Salão Largo Treze - Produtos
A loja da marca: mais de cinquenta produtos (Foto: Fernando Moraes)

Para chegar à fórmula de seu carro-chefe, a empresária quase ficou careca testando substâncias químicas na própria cabeleira. Chamado de “super-relaxante”, o tratamento custa 79,90 reais e promete tirar o volume dos fios sem alisamento. Durante uma hora e meia, são realizadas avaliação dos fios, aplicação de creme relaxante, hidratação das mechas e finalização. O processo é semelhante ao de uma linha de montagem, com a cliente passando por quatro profissionais. Em São Paulo, alguns estabelecimentos oferecem alternativas semelhantes para a mesma finalidade por preços a partir de 120 reais. “Mas o meu resultado fica mais natural”, garante Zica.

O sucesso levou a empresária a ser eleita neste ano uma das dez empreendedoras mais influentes do Brasil pela revista americana Forbes — seu faturamento em 2012 chegou a 182 milhões de reais. Na primeira semana de funcionamento, o salão do Largo Treze colecionou números promissores. Somente no sábado (9), a unidade faturou mais que a soma das cinco principais lojas da rede no Rio. As senhas de atendimento, distribuídas para organizar a chegada das clientes (não existe horário marcado), esgotaram-se por volta das 13 horas — o local fecha às 20 horas. “Nosso plano é abrir 38 espaços no Estado de São Paulo nos próximos cinco anos”, diz o vice-presidente Rogério Assis, irmão de Zica. “Prevíamos que o retorno do investimento de 7,5 milhões de reais nas três primeiras unidades só seria obtido após três anos, mas, com base nesses dados, pode chegar em apenas um.”

+ Saiba tudo sobre a escova progressiva

Ed. 2348 - Beleza Natural - Salão Largo Treze
O recém-aberto salão no Largo Treze: fila de espera e distribuição de senhas (Foto: Fernando Moraes)
  • SUCESSO NA CABEÇA

Alguns números dos quatro primeiros dias do salão

148 reais foi o gasto médio por pessoa

325 clientes atendidas

3 325 frascos de produtos vendidos

2,5 milhões de reais investidos na abertura do espaço

Fonte: VEJA SÃO PAULO