Gastronomia

Conheça restaurantes de chefs que também são celebridades na TV

Saiba onde ficam os lugares na capital e quem são os proprietários

Por: Rogério Dias - Atualizado em

Olivier Anquier
Olivier Anquier: no comando do programa Diário de Olivier, no GNT (Foto: Divulgação)

Não basta ser chef. Tem que estar também na TV. Além do MasterChef Brasil, mais famoso reality gastronômico da televisão brasileira, que tem como jurados a argentina Paola Carosela (Arturito), o francês Erick Jacquin (Tartar & Co e Le Bife) e o paulista Herinque Fogaça (Sal Gastronomia e Jamile), outros cozinheiros famosos pelo trabalho que desenvolvem em restaurantes paulistanos, também dão expediente atrás das câmaras.

Multimídia, o chef Carlos Bertolazzi consegue reinar nas redes sociais e estar em dois programas do SBT,  Hell’s Kitchen e BBQ Brasil. Pioneiro entre os modernos cozinheiros televisivos, o francês Olivier Anquier apresenta seu Diário do Olivier e algumas variações desde 1998. Engrossam a lista nomes como o de Carla Pernambuco, Carole Crema e Marcio Silva. Se topar com um deles, não se acanhe e aproveite para tirar uma selfie.

Zena Caffè

Zena Caffé - Bertolazzi
Ambiente do Zena Caffé, nos Jardins: nhoque é a especialidade (Foto: Fernando Moraes)

Embora nem sempre esteja na cozinha, Carlos Bertolazzi mantém uma equipe afinada que consegue resultados bem acima da média no Zena Caffè. Entende-se essa ausência. O chef, que já era celebridade nas redes sociais, explodiu em popularidade apresentando atualmente os programas Hell’s Kitchen e BBQ Brasil, do SBT. 

+ A avalição do crítico Arnaldo Lorençato para os restaurantes dos jurados do MasterChefBR

Bistrô L’Entrecôte d’Olivier

Bistrô L’Entrecôte d’Olivier
L’Entrecôte d’Olivier: prato único (Foto: Mario Rodrigues)

Localizado nos bairros do Jardim Paulistano (Rua Dr. Mário Ferraz, 17) e Jardim Paulista (Alameda Lorena, 1821), o restaurante conta com apenas uma opção no cardápio: o bife de contrafilé coberto por um saboroso e untuoso molho esverdeado. Introdutor da onda na cidade seis anos atrás, o chef e apresentador do programa Diário do Olivier do canal GNT, Olivier Anquier jura que o tal molho é uma antiga receita de família mantida em segredo. Pouco depois de ser indicado o ponto da carne, os cordiais garçons aparecem com ela em um prato cercado de fritas, que são repostas à vontade.

Carlota

Conversa de gulosos com Carla Pernambuco
Carla Pernambuco, do Carlota: contratada do Discovery Home & Health (Foto: Veja São Paulo)

É um cardápio sem pátria que a chef Carla Pernambuco mantém em constante evolução na dupla de charmosos sobradinhos brancos colados um no outro em Higienópolis. Ela, que é contratada do Discovery Home & Health e apresenta os programas Com Que Receita Eu Vou e Cozinhando no Supermercado, mostra que tudo cabe em sua visão moderna da cozinha. Do cardápio regular, o pato confit curado com laranja e açúcar mascavo vem na companhia de risoto de rúcula, mostarda e queijo da Serra da Canastra por R$ 71,00. 

+ Personalidades investem em restaurantes e aumentam o movimento das casas

Le Bife

Le Bife
Salão do Le Bife: no mesmo lugar do extinto La Brasserie de Erick Jacquin (Foto: Ricardo d’Angelo)

Que o francês Erick Jacquin, famoso pelo programa Masterchef, exibido na Band, é um dos melhores cozinheiros de São Paulo não resta dúvida. Ele provou isso em casas como o La Brasserie. No mesmo ponto do Itaim, surgiu, um ano atrás, o Le Bife, do qual o profissional francês é consultor. Embora tivesse uma proposta interessante — carnes acompanhadas por um rodízio de guarnições a um preço fechado —, os resultados estavam longe de ser o que se espera de um masterchef. Depois de patinar bastante, o lugar finalmente entrou nos eixos. Colaboraram para esse upgrade mudanças recentes no cardápio. Jacquin introduziu carnes como o ótimo filé-mignon de cordeiro (R$ 69,00). Nas entradas, passou a fazer uma saborosa terrine de campagne (R$ 48,00), servida na companhia de salada, mostarda de Dijon e pepino em conserva.

Tartar&Co

Le Bife
Estrela do reality MasterChef Brasil, o francês Erick Jacquin supervisiona a cozinha do Le Bife e do Tartare & Co. (Foto: Ricardo d’Angelo)

Também com cardápio assinado pelo cozinheiro francês mais carismático do Brasil, Erick Jacquin, o restaurante tinha como plano original ser uma casa dedicada apenas ao tartare, prato feito de carne crua. Sim, eles continuam lá e há até uma apetitosa versão de atum em cubos grandes alternados com cubos de beterraba ao molho de maracujá, tudo montado como se fosse um tabuleiro de xadrez (R$ 56,00). Mas o número de clássicos de bistrô foi ampliado com a presença de um steak au poivre para dragão, sem um pingo de creme de leite e servido com mandioca confit (R$ 59,80). No dia a dia do restaurante, quem toca a cozinha é o chef Flávio Santoro. 

+ 12 restaurantes famosos para ir com seu vale-refeição

Jamie’s Italian

Jamie's Italian
Sucesso do britânico Jamie Oliver: trattoria Jamie's Italian no Itaim (Foto: Helena Galante)

Comandada à distância pelo chef-celebridade inglês, Jamie Oliver, a trattoria tem o mesmo modelo das demais casas da rede. A primeira filial brasileira da marca utiliza apenas carne de animais criados soltos e prioriza os ingredientes orgânicos. Todo o cardápio, aprovado por Jamie, é supervisionado no dia a dia pelo sócio e chef executivo Lisandro Lauretti. Formam-se filas para provar o seu ótimo tagliatelle à bolonhesa finalizado com farofinha de pão amanhecido temperada com ervas (R$ 42,00) e o menos empolgante penne à carbonara (R$ 48,00), no qual, além das gemas e da pancetta, entram também creme de leite, alho-poró e raspas de limão-siciliano. Na entradinha, vão bem as carnudas azeitonas servidas sobre gelo com tapenade e torradas (R$ 25,00 a porção com oito unidades) e as bruschettas de ricota e tomate assado (R$ 24,00).

Arturito

Paola Carosella
Paola Carosella na porta do Arturito: 5 500 refeições servidas por mês (Foto: Léo Martins)

Chef cada vez mais televisiva por causa do estrondoso sucesso do reality show culinário MasterChef Brasil, exibido pela Band, a argentina Paola Carosella não descuida da cozinha de seu restaurante. Os pães de produção própria, sempre ótimos, estão presentes em muitas sugestões, da entrada à sobremesa. Entre as pedidas, estão o tagliarini nero di seppia com lagostins (R$ 79,00) e o peixe do dia, que pode ser a pescada‑amarela, de pele crocante perfumada, com quiabo tostado e tahine (R$ 69,00). 

La Guapa

La Guapa _Empanada Daphne MasterChef JúniorBX
Empanadas: especialidades da La Guapa (Foto: Divulgação)

Também comandado pela chef Paola Carosella, as lanchonetes  La Guapa são especializadas em empanadas. Com essa receita, a estrela televisiva do programa Masterchef montou um cardápio com oito tipos de recheio. Agradam bastante o que combina carne, azeitona, ovo caipira e batata cozida e o salgado preenchido por uma cremosa mistura de espinafre com mussarela. Para os que abrem mão de comer qualquer ingrediente de origem animal, vale pedir a saborosa empanada vegana, com massa feita de focos de quinoa e, no interior, espinafre, abóbora, abobrinha e noz-pecã. Todas são vendidas por R$ 6,90 a unidade e, para distinguir o sabor, elas são assadas em formatos diferentes.

Sal Gastronomia

Henrique Fogaça, chef do restaurante SAL Gastronomia
Fogaça: dois restaurantes e dois bares em São Paulo (Foto: Divulgação)

Para conseguir uma mesa no minúsculo Sal de Henrique Fogaça (apresentador do programa Mastechef, da Band) é preciso chegar cedo ou ter muita paciência para ficar na fila de espera. A presença do chef por lá é sempre uma garantia de qualidade, ainda que ele não permaneça o tempo todo diante do fogão. Afinal, sobram pedidos de selfies com o cozinheiro estrela. Outra vantagem é o preço do menu degustação, a partir de R$ 143,00. Provam-se receitas que estão no cardápio, mas que são selecionadas para ir no pacote. A moqueca de peixe com banana-da-terra, tem leite de coco na medida justa e vem com farofinha fina de mandioca (R$ 67,00). Soltando do osso, a costelinha de porco com pimenta de maracujá, tomate assado e farofa de milho bem crocante (R$ 58,00). A musse de chocolate belga (R$ 26,00) tem um agradável toque de sal. 

+ Confira as últimas notícias da cidade

Jamile

Jamile Restaurante
Jamile: salão bonito e muito concorrido (Foto: Arnaldo Lorençato)

Também do chef Henrique Fogaça em parceria com o dono da grife Cavalera, Alberto Hiar, o restaurante Jamile serve pratos como vieiras no creme de limão (R$ 40,00), uma polenta cremosa com interessante pesto de rúcula (R$ 25,00) e um nhoque recheado de queijo (R$ 60,00). O ambiente chama mais a atenção do que a comida.

Cão Véio

Cão Véio
Bolinhos de arroz com parmesão e pimenta dedo-de-moça: receita de Fogaça (Foto: Rodrigo Sacramento)

O bar com pinta de pub com cardápio assinado também por Henrique Fogaça possui diversos petiscos bem temperados nas opções. Um novo e ótimo exemplo se chama bull terrier (R$ 37,00), seis almôndegas vermelhinhas de kobe beef com queijo gruyère no interior. Elas são cobertas de molho de tomate mais uma camada do queijo queimado no maçarico. A boa seleção de cervejas e o chope belga Vedett (R$ 20,00) rendem boas goladas, tal qual os coquetéis preparados com uísque americano. Apesar da fama de “forte”, o destilado não impede o border collie (R$ 25,00), com hortelã e suco de cranbery, de ser leve e refrescante, porém sem perder o espírito punk. 

La Vie en Douce

La Vie en Douce - raspadinhas
Carole Crema em sua loja: La Vie en Douce (Foto: Lucas Terribili)

A chef Carole Crema, à frente desta loja toda colorida, é uma das juradas do reality show Que Seja Doce, do GNT. Assim como algumas das receitas feitas nas provas do programa, as guloseimas expostas em sua vitrine são repletas de recheio e cobertura. 

Buzina Food Truck

Buzina Food Truck
Márcio Silva e Jorge Gonzalez: simpatia no atendimento (Foto: Mario Rodrigues)

Comandado por Marcio Silva e Jorge Gonzalez, estrelas do programa Food Truck - A Batalha, do GNT, eles garantem que se o Food Truck tem rodas, é porque é para se rodar. A cada dia da semana eles estão em uma rua diferente e, aos finais de semana, aproveitam para viajar mais e ir até cidades no interior do estado e ao Rio de Janeiro. Os lugares em que o caminhão estará estacionado durante o dia é divulgado em um roteiro disponível no próprio site.

Olivier Anquier
Olivier Anquier: no comando do programa Diário de Olivier, no GNT (Foto: Divulgação)

Fonte: VEJA SÃO PAULO