Verão

Chás gelados com frutas e ervas funcionais para aliviar o calor

Bebida refrescante ganha misturas que podem levar até álcool

Por: Mariana Oliveira - Atualizado em

The Gourmet Tea
The Gourmet Tea: limonada de rooibos com hortelã (Foto: Divulgação)

O paulistano quase não tem mais outro assunto senão este verão escaldante que tem batido recorde de temperatura dia após dia. Além dos sorvetes e milk-shakes, o chás gelados com receitas que levam frutas, ervas funcionais e até álcool são uma boa pedida para aliviar o calor.

A novidade no Tea Kettle, por exemplo, é uma bebida feita com bétula, violeta, cavalinha e chá branco (R$ 14,00), que tem função desintoxicante. O jardim nos fundos da casa completa o passeio fresquinho.

No The Gourmet Tea, as versões geladas dividem espaço com as novidades alcoólicas (R$ 17,00), como os drinques citrus ginger mule (vodca, xarope de chá rooibos citrus ginger, suco de limão e água gaseificada) e black plumberry punch (saquê, chá black plumberry, martini e suco de lichia).

O chá também faz parte das cartas de drinques de casas não especializadas. O elixir faca na vaca (R$ 27,00) do The Meatball House tem, entre os ingredientes, uma infusão de abacaxi. No The Sailor, a criação de Matheus Cunha é feita à base de vodca, licor e suco de maçã verde, limão siciliano, capim santo e xarope de gengibre. 

 

Confira abaixo a lista completa:

A Loja do Chá - Tee Gschwendner: entre mais de 200 opções da marca alemã para levar ou consumir na loja, duas versões geladas ganham destaque. O Kalimba Pitahaya leva maçã, rosa mosqueta, flores de hibisco, cascas de laranja e limão e aroma de pitaia. O pacote com 50 gramas custa R$ 39,00 e rende de 4 a 5 litros. Para tomar na hora, o copo sai por R$ 7,30. 

Novelaria chás
Novelaria Knit Café: três versões de chás para o verão (Foto: Divulgação)

■ Novelaria Knit Café: a casa em Pinheiros serve chás da marca Tachá. Para refrescar, três receitas tradicionais do cardápio ganham versões geladas. Piña colada é uma bebida feita com base de chá verde, cubos de abacaxi, coco e amora. Já o rose, é descafeinado e leva pedaços de tangerina desidratada, rodelas de laranja, maçã, amora silvestre, capim limão, flocos de cenoura, folhas de eucalipto, pétalas de ibisco e amoras. O terceiro, mate com gengibre, acompanha capim limão, limão tahiti e amoras. Cada um custa R$ 8,00. 

■ The Gourmet Tea: vende blends em latinhas para levar e também faz as bebidas na hora. São cinco opções geladas, entre elas estão o white berry (chá branco com frutas vermelhas) e o black plumberry (chá preto com notas florais de hibisco). No final do ano passado, foi desenvolvida a primeira novidade brasileira da casa, o coconut mate, que leva coco e canela. Para gestantes e pessoas com intolerância à cafeína, o rooibos peppermint lemonade é feito com rooibos, planta africana descafeinada. O copo de qualquer sabor custa R$ 6,90. Também prepara releituras de drinques com chás. Caso do mojito, que leva green morrocan mint (à base de hortelã-pimenta e chá verde), rum, limão, hortelã e água gasosa (R$ 17,00). 

Talchá
Talchá: quatro chás feitos com frutas para beber no calor (Foto: Divulgação)

Talchá: além das prateleiras cheias de chás para viagem, prepara opções para experimentar ali mesmo. Entre os que refrescam estão: o copacabana, feito com chá verde, jasmim de maio e tangerina (R$ 8,60 reais) e o maresias, infusão de menta, água de coco e maçã verde (R$ 8,60). Também estão no cardápio o chá detox (chá verde, gengibre, ginseng e casca de limão) e o chá vita limão (flor de hibisco, casca de limão, capim limão, pedaços de maçã e botões de rosa), vendidos em uma jarra de 400 mililitros por R$ 9,90.

■ Tea Kettle: com decoração de casa de boneca, o espaço tem duas bebidas que são a cara do verão e uma criação exclusiva para a temporada. O chai pode receber rosela ou ibisco e uma maturação de chá leva especiarias servida com aloe vera. Para fevereiro, o chá com bétula, planta com propriedades de drenagem, é uma opção desintoxicante feita com violeta, cavalinha e chá branco. O copo custa R$ 14,00. Também oferece saquinhos para levar.

DRINQUES

The Gourmet Tea
The Gourmet Tea: drinques com chá (Foto: Divulgação)

St. George's Pub: com o mesmo valor de uma dose do Whisky Jameson, R$ 17,00, é possível provar um drinque feito com a bebida, chá de pêssego e uma pequena quantidade de suco de lima da pérsia.

SubAstor: o kaizoku-no sling (R$ 26,00) mistura ingredientes brasileiros e japoneses. São eles: aguardente de banana, sucos de limão tahiti e grapefruit, umeshu, gengibre branco, chá verde matcha e água de coco gaseificada.

The Meatball House: o bar com inspiração americana prepara o drinque chamado elixir faca na vaca (R$ 27,00), um ponche clarificado em leite que reúne cachaça Yaguara com infusão de abacaxi, bitter tropical, sucos cítricos, xarope de ervas, licor Green Chartreuse, amaro Averna e água de coco. A receita é servida engarrafada e acompanha um copo com gelo, manjericão e canela em pau. 

The Sailor: o drinque popeye (R$ 28,00) leva capim santo e é uma criação do mixologista Matheus Cunha. Feito à base de vodca, tem ainda licor, suco de maçã verde, limão siciliano e xarope de gengibre. Outra opção, o samurai (R$ 26,50 com vodca Ketel One ou R$ 31,50 com vodca Ciroc) leva saquê, preparado especial de raiz forte, lichias, licor de lemongrass e xarope de infusões de chá verde.

Fonte: VEJA SÃO PAULO