Internacional

Artistas fazem ilustrações em homenagem a cartunistas mortos

Atentado à sede da revista satírica Charlie Hebdo matou doze pessoas; vídeo mostra parte da ação

Por: VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Artistas de várias partes do mundo usaram charges e tirinhas para se manifestar sobre o ataque à revista Charlie Hebdo (confira na galeria de imagens). Na manhã dessa quarta-feira (7), homens mascarados invadiram a sede do semanário satírico, em Paris, França. Na ação, doze pessoas morreram, entre elas dez funcionários da publicação e dois policiais. 

+ Cartunistas brasileiros lamentam atentado à sede da revista Charlie Hebdo

Entre as vítimas estão o editor Stéphane Charbonnier, conhecido como Charb, e os cartunistas Jean Cabu, Tignous e Georges Wolinski, um dos maiores nomes do gênero.

Colegas de profissão brasileiros, como Laerte e Adão, e também de outros países, como o australiano David Pope, prestaram homenagens. A tirinha de Angeli no jornal Folha de S.Paulo de hoje (8) traz cartunistas agrupados como soldados e carregando lápis no lugar de armas. A frase "allons enfants de la patrie", alusão ao hino nacional da França, aparece como legenda.

Albert Uderzo, um dos criadores de Asterix, divulgou no Twitter um desenho em que o personagem aparece curvado ao lado de Obelix e do cachorrinho Ideafix.

+ Estudante paulistano é encontrado em Salvador

Vídeo

Vídeo registrado por uma testemunha mostra a fuga dos suspeitos após o ataque à revista em Paris. Nas imagens, dois homens mascarados armados seguem em direção a um policial ferido. Ao se aproximar, um deles atira no oficial. Logo em seguida, os dois entram em um carro preto e deixam o local.

Fonte: VEJA SÃO PAULO