Sindical

Agentes de trânsito também entram em greve

Trabalhadores rejeitaram na noite desta quarta-feira (4) a proposta da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET)

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em

congestionamento
Greve deve complicar ainda mais o trânsito de São Paulo (Foto: Mario Rodrigues)

Além dos metroviários, os agentes de trânsito de São Paulo também decidiram entrar em greve. Em assembleia realizada na noite desta quarta-feira (4), a categoria rejeitou a proposta de 8% apresentada pela A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

+ Metroviários entram em greve por tempo indeterminado

A greve deve prejudicar muitos serviços realizados pelos agentes. Faixas reversíveis, por exemplo, não serão montadas.

Por causa das paralisações programadas para esta quinta-feira (5), o rodízio de veículos na capital foi suspenso pela CET. Dessa forma, veículos com placas finais sete e oito podem circular sem restrição.

No dia 27 de maio, os agentes de trânsito fizeram uma manifestação. Para faltarem no emprego sem serem descontados, os trabalhadores realizaram uma doação de sangue solidária.

A CET conta com aproximadamente 4 300 trabalhadores na capital. Os trabalhadores exigem reajuste salarial de 12%, além de participação nos resultados de 4 200 reais e novas contratações.

Fonte: VEJA SÃO PAULO