Consumo

Cervejas especiais: mais doces

Entre os ingredientes usados estão mel, pêssego e diferentes tipos de malte

Por: Nathalia Zaccaro e Mauricio Xavier

Capa 2267- Consumo - Multiplicação das Cervejas
O gosto adocidado atrai o público feminino (Foto: Veja São Paulo)

Para conquistarem o paladar do público feminino, várias cervejarias estão apostando em bebidas mais adocicadas. Suas fórmulas incluem ingredientes como suco de pêssego e mel — encontrados, respectivamente, na belga Lindemans Pecheresse e na francesa Bourganel au Miel — ou envolvem a manipulação de diversos tipos de malte para chegar ao resultado final. Essa é a estratégia da brasileira Bierland Strong Golden Ale, que tem alto teor alcoólico e passa por um processo de fabricação complexo. “Após a primeira fermentação, ela permanece mais cinco meses refermentando na própria garrafa”, afirma Paulo Bettiol, sommelier da marca.

+ Tudo sobre cervejas especiais

+ Onde comprar e beber cerveja

LINDEMANS PECHERESSE

Capa 2267- Consumo - Multiplicação das Cervejas
(Foto: Divulgação)

Estilo: fruit lambic

País: Bélgica

Teor alcoólico: 2,5%

Volume: 375 ml

Preço: 23,75 reais

BIERLAND STRONG GOLDEN ALE

Capa 2267- Consumo - Multiplicação das Cervejas
(Foto: Divulgação)

Estilo: strong golden ale

País: Brasil

Teor alcoólico: 9%

Volume: 750 ml

Preço: 50 reais

BOURGANEL AU MIEL

Capa 2267- Consumo - Multiplicação das Cervejas
(Foto: Divulgação)

Estilo: american lager

País: França

Teor alcoólico: 5%

Volume: 330 ml

Preço: 22 reais

Fonte: VEJA SÃO PAULO