Consumo

Cervejas especiais: dias quentes

Pilsen, wheat ale e kölsch são os estilos que mais combinam com o calor

Por: Nathalia Zaccaro e Mauricio Xavier

Capa 2267- Consumo - Multiplicação das Cervejas
Colocar gelo e laranja no copo de cerveja são opções aceitas por especialistas (Foto: Veja São Paulo)

Além das pilsens, tradicionalmente associadas ao verão, os estilos wheat ale e kölsch também são indicados para os dias de calor. O primeiro, representado aqui pela Bauhaus Trig’Or, traz a acidez como característica principal. Ao contrário do que estipula a cartilha dos puristas, não há regra para curtir uma cerveja em climas quentes, e combinações heterodoxas estão liberadas. “É possível até acrescentar gelo e laranja no copo”, sugere o sommelier Estácio Rodrigues. Entre as novidades nacionais, a fabricante Bamberg, de Votorantim, no interior do estado, criou a Camila Camila, batizada dessa forma por causa de um hit dos anos 80 da banda gaúcha Nenhum de Nós. Os especialistas asseguram: seu sabor é bem melhor que o som do grupo.

+ Tudo sobre cervejas especiais

+ Veja onde comprar e beber

BAMBERG CAMILA CAMILA

Capa 2267- Consumo - Multiplicação das Cervejas
(Foto: Divulgação)

Estilo: pilsen

País: Brasil

Teor alcoólico: 5%

Volume: 600 ml

Preço: 14 reais

FRÜH

Capa 2267- Consumo - Multiplicação das Cervejas
(Foto: Divulgação)

Estilo: kölsch

País: Alemanha

Teor alcoólico: 4,8%

Volume: 500 ml

Preço: 18 reais

BAUHAUS TRIG’OR

Capa 2267- Consumo - Multiplicação das Cervejas
(Foto: Divulgação)

Estilo: wheat ale

País: Brasil

Teor alcoólico: 5,2%

Volume: 600 ml

Preço: 9 reais

Fonte: VEJA SÃO PAULO