Mistérios da Cidade

Memória paulistana: Belas Artes e Pinacoteca já dividiram prédio

Entidade assumiu o acervo do museu em 1932, ano da morte de seu fundador

Por: Mauricio Xavier [Com reportagem de Arnaldo Lorençato, Catarina Cicarelli e Isabella Villalba]

Centro Universitário Belas Artes de São Paulo - 2207
Na Praça da Luz: registro de uma exposição com trabalhos produzidos por alunos do curso de pintura durante o ano de 1955 (Foto: Divulgação/Centro Universitário Belas Artes de São Paulo)

A Academia de Belas Artes foi inaugurada há 85 anos, em 23 de setembro de 1925, e sua primeira sede foi na Rua Bento Freitas, no centro. Em 1932, ano da morte de seu fundador, Pedro Augusto Gomes Cardim, a entidade adotou o nome de Escola de Belas Artes e assumiu o acervo da Pinacoteca: a partir de 1944, as duas instituições dividiram o prédio na Praça da Luz. A foto, desse período, registra uma exposição com trabalhos produzidos por alunos do curso de pintura durante o ano de 1955. Em 1979, foi rebatizada de Faculdade de Belas Artes e, em 1989, a escola ganhou seu endereço atual, na Vila Mariana. Só em 2002 passou a se chamar Centro Universitário Belas Artes de São Paulo.

Fonte: VEJA SÃO PAULO