Criminalidade

Polícia prende suspeitos de furtar portas de túmulos

Peças estavam sendo levadas para ferro-velho, onde seriam vendidas

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em

A Polícia Militar prendeu na madrugada desta segunda-feira (24) quatro pessoas suspeitas de furtar portas de mausoléus de cemitérios da capital. De acordo com a PM, as 29 peças encontradas pertenciam a túmulos luxuosos, tinham inscrições e imagens em alto relevo.

+ Pernas e braços são encontrados dentro de saco de lixo em Higienópolis

O quarteto foi detido na Rua David Bigio, no Bom Retiro, por volta de 1h. Eles foram abordados por policiais quando dois homens empurravam uma carroça e duas mulheres faziam contrapeso para manter o equilíbrio do veículo.

+ Polícia analisa imagens para encontrar esquartejador

O grupo chamou a atenção dos policiais por aparentarem nervosismo. Eles explicaram que haviam pegado a carroça de um desconhecido na Luz e que pretendiam vender as peças em um ferro-velho. Os suspeitos foram autuados em flagrante por receptação e associação criminosa. A Polícia Civil investiga a origem das peças e o autor dos roubos.

Outros casos

Em janeiro deste ano um grupo de 25 a trinta pessoas invadiu na madrugada o Cemitério do Araçá, na Zona Oeste da capital, e depredou diversas esculturas. Segundo o Serviço Funerário, 21 objetos - entre eles, estátuas de bronze e mármore italiano - foram vandalizados. Diante do caso, a prefeitura anunciou que pretendia lançar um edital para a contratação de uma empresa de segurança privada para ficar 24 horas nos cemitérios ainda no primeiro semestre de 2014.

 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO