Gente

Celebridades que deram o que falar em 2006

Histórias de famosos que pintaram, bordaram e conseguiram chamar atenção até em um ano de Copa do Mundo

Por: Alvaro Leme - Atualizado em

Celebridades que deram o que falar em 2006
Celebridades que deram o que falar em 2006 (Foto: Trevisan/Ag. News)

Mesmo com toda a inveja, toda a fofoca, todo o olho grande, Marília Gabriela foi levando a relação com Reynaldo Gianecchini até onde os dois quiseram. Em outubro, acharam por bem terminar o casamento de oito anos. "Virou uma amizade para a vida inteira", afirmou Gabi, na época. Semanas depois, ela teria sido vista com o ator português Joaquim de Almeida, num festival em Manaus. Futricas à parte, é bem verdade que meio Brasil adoraria ser uma mosquinha e estar perto de Marília para ver o que ela achou das fotos de Giane aos beijos com Carolina Ferraz (que jura ter sido brincadeirinha, nada mais).

Troféu "volta por cima"

Quando vieram à tona as cenas de Daniella Cicarelli à vontade na praia com o namorado, houve quem questionasse seu futuro profissional. Afinal, que empresa associaria sua marca a uma celebridade envolvida num vídeo apimentadíssimo (protagonizado involuntariamente, claro)? O que se viu nas semanas seguintes prova que ou a moça tem santo forte ou entende bem as regras do mundo dos famosos. Um exemplo: como se isolou em casa, seu cachê para fazer presença em eventos dobrou – para cerca de 20 000 reais por uma horinha de trabalho. Daniella também recebeu uma proposta para trocar a MTV pela Record, que acabou não dando em nada. "Toda hora aparece um perito para dizer que minha carreira está em jogo", conta. "Já nem ligo mais."

Valeu o ingresso

Ainda que entrasse no palco e desafinasse da primeira à última nota, a cantora Céu já valeria o ingresso só por sua beleza. Felizmente, para ela e para a platéia, a moça também nasceu com talento musical, que se refinou conforme crescia ouvindo os LPs de Elis Regina e Clara Nunes, entre outros da coleção de seu pai, o maestro e compositor Edgard Poças. Ex-garçonete do restaurante Spot, Maria do Céu (seu nome no RG) ganhou admiradores declarados como Caetano Veloso, que se encantou ao vê-la num show. E pode se gabar de ter sido indicada para o Grammy Latino logo com seu disco de estréia.

O partidão do momento

Herdeiro de uma construtora e executivo de um banco de investimentos americano, o economista Tato Malzoni sempre evitou se expor. Imagine, então, o susto do rapaz ao saber que circulava pela internet um vídeo em que aparecia fazendo você-sabe-o-quê na praia com a namorada, Daniella Cicarelli. Pelo menos o susto foi compensado com uma dose extra de olhares femininos. Antes cobiçado por ser um bonitão muito bem de vida, Tato tornou-se ainda mais desejado por causa do currículo amoroso estrelado, que inclui a modelo Letícia Birkheuer e a estilista Cris Barros. E, claro, por suas proezas naquela fitinha.

"Sozinha eu não fico"

Depois de três anos, Adriane Galisteu terminou o namoro com o jogador de futebol Roger Flores. As revistas de celebridades ainda nem tinham digerido a separação e – bum! – a loira aparece com um novo amor, o empresário Gabriel Betti. Nada de muito surpreendente em se tratando da apresentadora, que costuma emendar uma relação na outra. "Sozinha eu não fico", afirma. "Na verdade, passei três meses solteira antes de engatar esse relacionamento." Adriane classifica este ano como "muito ruim" – além das idas e vindas com Roger, ela se estranhou com o patrão Silvio Santos. "Não vejo a hora de 2006 acabar."

Este vestido ninguém tem

Diz a tradição que, no casamento, a vontade da noiva impera. Talvez seja a única explicação para o peculiaríssimo vestido com que a modelo e estudante de jornalismo Daniela Albuquerque subiu ao altar com Amilcare Dallevo Jr., sócio da Rede TV!, em setembro. Eram 5 metros de cauda (removíveis, tá?) e, na frente, a minissaia que você vê na foto acima. O modelito foi imaginado pela própria Daniela e executado pela estilista Catarina Gushiken, sobrinha do ex-ministro Luiz Gushiken. De onde veio a inspiração? Do clipe de November Rain, gravado pelo Guns N' Roses. "É a nossa música", derrete-se a senhora Dallevo.

Casal arroz-de-festa

Sócio de seis restaurantes e danceterias na cidade, Álvaro Garnero é um badalador profissional. Além de bater cartão em suas casas, não perde (quase) nenhum evento bacana, sempre ao lado da namorada, Caroline Bittencourt.

E o troféu fênix vai para...

Os ex-pombinhos Luciana Vendramini e Paulo Ricardo renasceram das cinzas em 2006. Hoje atriz, a ex-paquita foi apontada como namorada de Roberto Carlos, romance desmentido por ambos. "Ficamos amigos por causa do TOC", afirma ela, referindo-se ao transtorno obsessivo-compulsivo de que ela e o Rei sofreram. Já o eterno vocalista do RPM ressurgiu ao trocar o rock pauleira por uma versão mais suave de si mesmo: montou um show acústico que agradou em festas de bacanas, no Terraço Daslu e até no descolado Clube Glória. "Não contei quantas apresentações fiz, mas se bobear foi o dobro do ano passado", diz ele.

Descemos do salto

A atriz Janaína Barbosa dançava alegremente no casamento do empresário Edsá Sampaio, em agosto, quando descobriu que haviam jogado um petit gâteau em seu cabelo. Ela acusou a estilista Guilenia Bogosian, sua desafeta desde que Janaína apresentou Ticiane Pinheiro a Roberto Justus – que acabara de romper com Guilenia. O disse-não-disse terminou no banheiro feminino, onde as duas teriam chegado às vias de fato. "Quem me conhece sabe que não sou esse tipo", diz Guilenia, que não esteve em outro casório desde então. Janaína não quis comentar o assunto.

Tudo certo, como 2 e 2 são 5

A atriz Karina Bacchi viveu um assédio digno de celebridade de primeiro escalão em outubro, quando apareceu em público com seu novo namorado. Quem? O ator José Valien, tiozinho-propaganda de uma marca de cerveja. Certo, certo. Menos de um mês depois, ela estrelou comerciais da mesmíssima bebida. Tradução: era tudo golpe de marketing, o que pegou mal, muito mal. Karina jura que o rolo com Valien era verdadeiro. "A campanha foi conseqüência", jura. Certo, certo. O assunto só ficou de lado quando a loira exibiu suas curvas perfeitas na Playboy, com um piercing nada convencional, num lugar muito íntimo. "Disseram que coloquei por causa do ensaio, mas já uso piercing há quatro anos." Certo, certo.

Celebridade mirim

Protagonista do emocionante longa O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias, o estudante Michel Joelsas tornou-se celebridade nas salas de aula do colégio Peretz, na Vila Mariana, onde acaba de concluir a 5ª série. Lá e por onde mais ele passa. "Dou autógrafo o tempo todo", conta. Para interpretar o menino Mauro, que precisa se virar sozinho enquanto seus pais são perseguidos políticos do regime militar, Michel ficou três meses longe da escola. Mesmo assim, recuperou o tempo perdido. "Passei direto", afirma ele, que pretende "ser ator ou diretor de fotografia".

O casamento mais concorrido

Foi tão disputado, mas tão disputado que ninguém conseguiu uma foto dos noivos. Estamos falando do casamento de Alberto Safra e Maggy Candi, realizado em 14 de novembro, no Morumbi. Os 1.200 convidados ficaram acomodados num espaço de 6.000 metros quadrados construído só para a ocasião. Um bolo de cinco andares dividiu as atenções com os 6.000 doces servidos e o show privê de Ivete Sangalo. E vem mais por aí: o caçula de Joseph e Vicky Safra, David, ainda é solteiro.

Socialite revelação

Loira, 1,77 metro de altura, 54 quilos, 24 anos, fofa 100% do tempo. Essa combinação faz de Joanna Trabulsi uma personagem quase irresistível para os fotógrafos de colunas sociais. Os cliques aumentaram nos últimos cinco meses, tempo de seu namoro com Victor Collor de Mello, 19 anos, sobrinho do ex-presidente. Joanna representa uma geração diferente de socialites: as que trocaram grifes estrangeiras por roupitchas nacionais e freqüentam desde show de hip hop até concertos no Municipal. Ah, sim. E que tentam trabalhar. Neste ano, deu expediente numa agência de publicidade por nove meses. Não se encontrou. "Quero uma carreira sólida", garante ela, que planeja lançar uma marca de roupa.

Donald Trump da Vila Leopoldina

O publicitário Roberto Justus tem poucos motivos para se queixar de 2006. Começou a boa fase em maio, quando se casou com a atriz e gata Ticiane Pinheiro. Foi sua quarta união. "E última, espero", diz. Criticado por ser meio robozão na frente das câmeras, ele se soltou em O Aprendiz 3, ficando mais parecido com o americano Donald Trump, criador do programa. "A terceira edição do reality show arrecadou 58 milhões de reais com cotas de patrocínio, contra 31 milhões da anterior", afirma. Em seu escritório na Vila Leopoldina, Justus estoura o champanhe para comemorar também o desempenho de sua autobiografia, lançada em agosto. "Já vendi mais de 60 000 cópias."

Com a bola toda

Num ano em que a seleção deu pouca alegria aos torcedores, os são-paulinos sorriram de orelha a orelha. Uma das razões da felicidade tricolor chama-se Rogério Ceni. O camisa 1 terminou 2006 com o prêmio de melhor jogador do Campeonato Brasileiro, conferido pela CBF, no início deste mês. Também bateu o recorde mundial de goleiro que mais fez gols (64), o que deve lhe render uma menção no Guinness, o livro dos recordes. E ainda se tornou o jogador com o maior número de partidas com a camisa do time do Morumbi: 700 jogos.

Lisa, leve e solta!

Em seus 21 anos de vida, Athina Onassis estampou páginas de jornais quase sempre por sua fortuna. Em 2006 foi diferente. O povo quis saber – e ela, que não dá entrevistas, não contou – sobre a "paulistanização" de seu visual. Em novembro, Athina apareceu mais magra, de vestido Raia de Goeye e... de chapinha! Parece trivial, mas chocou quem não imaginava uma mulher tão rica esticando as madeixas. "Se bobear, ela fez só uma escova", palpita Marco Antonio de Biaggi, cabeleireiro da herdeira em seu casamento, há um ano. "O cabelo dela é muito, muito bom."

Melhor antes e depois

Durante duas décadas, o publicitário Nizan Guanaes tentou de tudo para emagrecer. Recorreu à dieta das proteínas, dos pontos, do acarajé... Em junho deste ano, submeteu-se a uma cirurgia que retirou parte do estômago. Desde então, o ponteiro da balança, antes em robustos 135 quilos, minguou. Até a semana passada, Guanaes havia perdido 45 quilos. "Se continuasse tão gordo, seria obrigado a viajar no compartimento de carga dos aviões", diverte-se. "Agora sou só meio baiano. Perdi a outra metade."

"Casei e mudei"

Até o Carnaval, só deu ela. Primeira-dama informal da turnê dos Rolling Stones pelo Brasil, Luciana Gimenez desdobrava-se para arrasar como rainha da bateria da escola de samba carioca Imperatriz Leopoldinense. Passada a Quarta-feira de Cinzas, apareceu por causa de seu casamento, em 19 de agosto, com o empresário Marcelo de Carvalho. E só. "Circular demais faz o público perder o interesse", acredita ela, que se diz mais caseira do que de costume. "Casei e mudei."

Fonte: VEJA SÃO PAULO