REESTREIA

A volta do Cedo e Sentado

Projeto que jogou luz em artistas como Tulipa Ruiz e Thiago Pethit retorna ao Studio SP sob a tutela de Romulo Fróes

Por: Mayra Maldjian - Atualizado em

Tatá Aeroplano
Tatá Aeroplano, cantor, compositor e DJ das noites do Cedo e Sentado (Foto: Maira Acayaba)

Voltar aos velhos tempos é um dos planos do empresário Ale Youssef para 2013. “Quero retomar a valorização da cena local e da música autoral, como acontecia nos primórdios do Studio SP”, explica.

+ O que vem por aí na noite paulistana

Inaugurada em 2005, a casa noturna transformou-se no principal palco para os novos artistas da música brasileira --coloque na lista Tulipa Ruiz, Thiago Pethit, Céu, Curumin, Guizado e Mallu Magalhães.

Para agilizar essa retomada, Youssef uniu forças com o cantor e compositor Romulo Fróes. Divulgador dessa cena (da qual faz parte) Brasil afora, o paulistano do Imirim sugeriu ao amigo a volta do projeto Cedo e Sentado, que estava na geladeira há cerca de um ano.

A festa foi a principal plataforma do Studio SP para apresentar novatos ao público e viveu seus melhores momentos com a curadoria do jornalista e pesquisador musical Ronaldo Evangelista. Com entrada gratuita, o encontro começava cedo, como o próprio nome indica, e terminava antes da balada da meia-noite.

Sob o comando de Fróes, a reestreia ocorreu no dia 10/1, com apresentação da banda O Terno. Agora, a noite começa mais tarde, às 22h, sem hora para acabar, com entrada a 15 reais ou 30 reais consumíveis. Tatá Aeroplano é o DJ oficial.

“Eu quero que a festa volte a cumprir sua função, que é revelar gente”, reforça o novo curador, que ocasionalmente convidará nomes não tão frescos, como o também cantor e compositor Rodrigo Campos. Ele mostrou ao público canções de seu segundo disco, Bahia Fantástica, lançado no ano passado.

“Nos três primeiros meses do projeto eu me concentrei em artistas já estabelecidos, para fazer a festa voltar a pegar”, pontua Fróes. A única exceção do trimestre são os novatos do Icolini, uma big band de Belo Horizonte que faz um “afrobeat com sotaque mineiro”. Veja abaixo a programação completa.

Romulo Fróes - 2226
Romulo Fróes: último disco do novo curador do Cedo e Sentado, Um Labirinto em Cada Pé, saiu em 2011 (Foto: Ariel Martini)

Programe-se

Fevereiro

Dia 21 – Metá Metá

Metá Metá
Juçara Marçal, Thiago França e Kiko Dinucci:a suavidade ficou de lado no novo disco do Metá Metá (Foto: Divulgação)

Março

Dia 7 – Tatá Aeroplano

Dia 14 – Iconili

Dia 21 – Rafael Castro

Rodrigo Campos
Rodrigo Campos: músico despontou em 2009 com o álbum São Mateus Não É um Lugar Assim Tão Longe (Foto: José Miguel Neto)

+ Leia mais sobre shows

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO