CIDADE

Casal gay é agredido em restaurante no Itaim Bibi

Advogado afirmou, em entrevista à TV Globo, que ele e o namorado foram surpreendidos com socos. Agressor disse à polícia que briga foi provocada pelo uso do karaokê

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Casal gay é agredido em restaurante no Itaim Bibi
Casal gay é agredido em restaurante no Itaim Bibi (Foto: Reprodução/TV Globo)

Um casal gay foi agredido na madrugada de sábado (25) em um restaurante na Rua Jerônimo da Veiga, no Itaim Bibi. O agressor era um empresário de 32 anos.

+ Roubos crescem e mortes caem em São Paulo

Em entrevista ao telejornal SPTV, da TV Globo, o advogado de 33 anos afirmou que a causa da agressão teria sido homofobia. "Estávamos conversando, entre amigos, quando uma pessoa veio e nos agrediu gratuitamente porque éramos um casal e por sermos um casal. Começou a falar palavras pejorativas para a gente, deu um soco e começou a querer nos agredir mais", contou.

Os envolvidos foram levados à 14ª Delegacia de Polícia, em Pinheiros. O caso foi registrado como injúria real e lesão corporal. A confusão teria ocorrido por volta das 12h30 da madrugada.

Ainda de acordo com o SPTV, o agressor teria dito que a motivação da briga não teria sido homofobia, mas o uso do karaokê. O advogado foi encaminhado para realizar exame de corpo de delito e o empresário foi liberado. Ele responderá no Juizado Especial Criminal.

Esse foi o segundo caso de violência envolvendo casais gays em duas semanas na capital. No dia 11, dois rapazes foram agredidos por um segurança do Centro de Tradições Nordestinas, na Zona Norte, durante um show da cantora Ivete Sangalo. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO