Natal

Em São Paulo, 38 000 cartas para o Papai Noel esperam por adoção

Campanha é realizada há 25 anos pelos Correios em todo país; em 2013, mais de 50 000 crianças receberam presentes na capital

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

carta papai noel
Cartinhas: entre os pedidos mais comuns estão brinquedos, material escolar e eletrônicos (Foto: Lalo De Almeida / Folhapress)

O Natal está cada vez mais próximo, mas ainda há diversas cartas de crianças que enviaram pedidos para o Papai Noel esperando para serem adotadas. De acordo com uma estimativa dos Correios, até terça (2), tinham sido cadastradas 49 600 cartas somente na regional de São Paulo metropolitana, que engloba Grande São Paulo, Alto Tietê, Baixada Santista e Vale da Ribeira. Cerca de 11 000 haviam sido adotadas. Ambos os números, porém, aumentam a cada dia, especialmente com a chegada do mês de dezembro.

+ Parque do Ibirapuera inaugura fonte iluminada com projeções

Dessa forma, ainda há mais de 38 000 cartas esperando por um padrinho. No ano passado, por exemplo, das 98 044 cartas cadastradas na região, pouco mais da metade, 51 757, foram adotadas.

+ Um guia esperto para montar a festa de Natal em casa

A campanha, que acontece há 25 anos, começou no dia 13 de novembro e vai até 19 de dezembro. No entanto, o prazo final para adotar cartas e enviar os presentes gratuitamente é 16 de dezembro. Há cerca de 130 pontos de apadrinhamento espalhados por toda a reginonal. Na capital, os dois pontos mais procurados são no Vale do Anhangabaú (Avenida São João, s/n) e na Vila Leopoldina (Rua Mergenthaler, 592).

+ Natal: bazares bacanas em dezembro

Entre os presentes mais comuns pedidos pelas crianças, aparecem bonecas, videogames, bicicletas, material escolar, roupas, carrinhos, computadores, celulares e outros eletrônicos. Os principais atendidos pela campanha são crianças carentes de até 10 anos.

Fonte: VEJA SÃO PAULO