A OPINIÃO DO LEITOR

Cartas da edição 2403

Por: VEJA SÂO PAULO

As Boas Compras
As Boas Compras (Foto: Veja São Paulo)

As Boas Compras

Interessante o especial de capa (“Os grandes momentos do Natal”, 10 de dezembro). Sem o guia, a missão de sair às compras fica mais complicada. Como temos tempo até as festas, ainda é possível escapar dos presentes rotineiros, como agendas, canetas e lenços. Antônio José Gomes Marques

IPTU

Cobrar imposto alto é uma medida elitista para deixar regiões da cidade livres de “pessoas indesejadas” (“Os novos lances da batalha do IPTU”, 10 de dezembro). A democracia prevê a igualdade de acesso e a possibilidade de ascensão, sem que o Estado imponha obstáculos ao cidadão. Miranda Guimarães

Perfil

Tive o prazer de apresentar Los Angeles, nos Estados Unidos, para Silvana Bertolucci e sua linda família no ano passado (“Turismo ostentação”, 10 de dezembro). É uma pessoa supersimpática. Mônica Reisman

Sou fã da Silvana. Seus roteiros são maravilhosos, quase sempre em locais paradisíacos. Mariana Entringer

Não sei como consegui aproveitar minhas viagens a Nova York sem as sugestões e providências sugeridas pela agente. Por não ser uma “viajante abonada”, curti tudo com a visão de uma simples turista, que anda pelas ruas, observa pessoas, lugares e culturas diferentes. E adorei. Maria de Carvalho Contrera

Terraço Paulistano

Numa época em que o governo, os políticos e as empresas do Brasil estão com a imagem arranhada no exterior por causa dos escândalos de corrupção, é com orgulho que deparamos com a escolha do médico tricologista brasileiro Luciano Barsanti para cuidar dos “cachos” do zagueiro David Luiz, ídolo do time francês Paris Saint-Germain (“De David a Sansão”, 10 de dezembro). Parabéns a VEJA SÃO PAULO e ao repórter João Batista Jr. por esse furo de reportagem. Rosy Verdi Guagliato

É claro que o deputado federal Gabriel Chalita (PMDB-SP) quer se afastar (“Política, só na ficção agora”, 10 de dezembro). E ele é bobo? O Ministério Público Estadual abriu onze inquéritos para investigá-lo por corrupção, enriquecimento ilícito e superfaturamento de contratos públicos. Por enquanto, ele conseguiu arquivá-los. Um dos processos abertos diz respeito ao uso de dinheiro público no pagamento de uma equipe de escritores que teriam ajudado o ex-secretário a produzir seus livros. Mas está aí, agora o bom-moço preside a Academia Paulista de Letras. Luciana Rocha Paes Leme Romeiro

Matthew Shirts

Como sempre, seu texto está recheado de detalhes saborosos (“O mercado do bairro”, 10 de dezembro). Já faz tempo que não o observo caminhando pela Avenida Sumaré, nem no Terminal Pinheiros, voltando para casa de ônibus. Toda vez que comento com meu pai, hoje com 67 anos, que vi você pelo bairro, ele diz: “O Matthew Shirts deve ser um camarada bom de papo, gostaria de conversar com ele sobre São Paulo”. Seria ótimo ver esse encontro se realizar um dia. Você também iria gostar. Fabricio Ferreira

› Instagram

Gostei muito da seção #vejasp no Instagram (“Mosteiro de São Bento: fé e beleza”, 10 de dezembro). Mas uma coisa me chamou a atenção. Como o pessoal conseguiu fotografar o interior da igreja? Quando vou lá, noto seguranças impedindo o registro de imagens. Acho que os monges deveriam revogar essa proibição. O local é um ponto turístico da cidade, esse impedimento não faz sentido. Alexandre Fontana

ESCREVA PARA NÓS

E-mail: vejasp@abril.com.br

As mensagens devem trazer a assinatura, o endereço, o número da cédula de identidade e o telefone do remetente. Envie para Diretor de Redação, VEJA SÃO PAULO. Por motivos de espaço ou clareza, as cartas poderão ser publicadas resumidamente

Redes sociais: facebook.com/vejasp e @vejasp (twitter)

Atendimento ao leitor: ☎ (11) 3037-2541

Sobre assinaturas: ☎ (11) 5087-2112

Atenção: ninguém está autorizado a solicitar objetos em lojas nem a fazer refeições em nome da revista a pretexto de produzir reportagens para qualquer seção de VEJA SÃO PAULO

Fonte: VEJA SÃO PAULO