Cidade

Carnaval de rua agitou a cidade neste fim de semana

Pinheiros e Vila Madalena concentraram o maior número de blocos; confira o que rolou neste sábado (31) e no domingo (1º)

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

O Carnaval começa oficialmente na sexta (13), mas a folia já toma conta da cidade. Neste fim de semana, pelo menos dezessete blocos de rua animaram todas as regiões da capital. A maior concentração de cordões carnavalescos ficou entre Vila Madalena e Pinheiros.

Entre os destaques de sábado (31), estão o grupo Passaram a Mão na Pompeia (Pompeia), Virgens do Minhocão (centro) e Nóis Trupica Mais Não Cai, que promoveu um concurso de marchinhas na Praça Victor Civita

+ 25 de Março: os políticos mais reproduzidos em máscaras de Carnaval

O bloquinho Fogo & Paixão ocupou a Avenida Brigadeiro Faria Lima, nas imediações do bar Pirajá, o que deixou o trânsito lento na região. O fluxo de carros também ficou comprometido nas ruas Cardeal Arcoverde e Artur de Azevedo, em Pinheiros. Perto dali passou o estreante Ritaleena, grupo que fez uma homenagem à rainha do rock Rita Lee.

Com o cair da noite, as ruas da Vila Madalena se converteram em baladas a céu aberto. Embora a muvuca tenha sido menor do que a observada durante a Copa do Mundo, faltou banheiro químico (e sobrou xixi) nos entornos da Rua Aspicuelta, destino da multidão após os blocos.

bloco carnaval 1537
Casa Comigo: mulheres fantasiadas de noivas (Foto: Ricardo D'Angelo)

O domingo (1º) começou com problemas técnicos no trio elétrico do Chega Mais. Com atraso, o bloco agitou a Vila Madalena. Perto dali, avistavam-se mulheres com véu, grinalda e até buquê para conquistar um noivo no grupo Casa Comigo.

O clima de amor no ar foi balançado pela presença de funcionários da Subprefeitura de Pinheiros. Eles apreenderam garrafas que estavam sendo vendidas de forma ilegal (esse tipo de recipiente havia sido proibido nas festas). Outra ocorrência na área: um carro estacionado em local proibido acabou guinchado pela CET.

+ Obra do metrô fará Vai-Vai deixar o Bixiga após 85 anos

À tarde, o Pilantragi parou o bairro de Perdizes. Uma multidão foi às ruas para curtiur ao som de clássicos do samba e da MBP além de, claro, muitas marchinas de carnaval. Diversas vias foram interditadas, entre elas a Avenida Professor Alfonso Bovero, no trecho entre as ruas Cayowaá e Tucuna.

Na galeria de fotos acima, confira os melhores momentos do fim de semana. No próximo sábado (7), VEJA SÃO PAULO entra novamente no clima carnavalesco e faz a cobertura ao vivo dos bloquinhos, tanto no site quanto no Twitter e no Instagram.

Fonte: VEJA SÃO PAULO