Crianças

"Tic Tic Tati" transforma em música contos de Tatiana Belinky

Cantoria cheia de histórias marca o novo espetáculo da artista Fortuna

Por: Tatiane Rosset - Atualizado em

Tic Tic Tati - Fortuna
Os cantores-bailarinos e Fortuna (de azul): canções vão do rock ao forró (Foto: João Caldas)

Quatro anos depois de estrear o lúdico show Na Casa da Ruth, baseado nos versos da escritora Ruth Rocha, a cantora Fortuna volta ao palco com outro espetáculo inspirado em textos de uma famosa autora de histórias infantis. Desta vez, Tic Tic Tati traz adaptações para contos de Tatiana Belinky, de 93 anos. O acompanhamento musical tem a assinatura de Hélio Ziskind, criador da trilha sonora das célebres atrações de TV Castelo Rá-Tim-Bum e Cocoricó. Em Meu Gatinho e Limeriques do Bípede Apaixonado, Helinho ganhou a parceria de Tarsila Amorim, e em Coro das Bruxas e Cantiga Famélica contribuíram a própria intérprete e o diretor musical, Gabriel Levy.

Junto dos cantores-bailarinos Bruna Pazinato, Denise Yamaoka, Fernando Cursino, Igor Miranda e Paulo Benevides, Fortuna lidera uma divertida e bem coreografada apresentação. Com faixas que vão do rock agitado ao forró cheio de gingado, as rimas simples são facilmente assimiladas pela garotada — não demora para que as crianças cantem junto, dancem e batam palmas como se já conhecessem as canções. Entre os momentos mais animados para elas estão O Caso do Bolinho e O Grande Rabanete. Os pais, por sua vez, se soltam ao ouvir novas versões para os clássicos O Vira, conhecido na voz do grupo Secos & Molhados, e Lindo Balão Azul, de Guilherme Arantes.

Se em Na Casa da Ruth o coral era formado pelas crianças do Coral Infantil do Sesc Vila Mariana, agora entra em cena um grupo de senhoras do Coro Cênico do Sesc Consolação. Esbanjando simpatia, elas fazem três aparições usando fantasias e mostrando coreografias. Durante a montagem, a música é tocada ao vivo por Gabriel Levy, Roberto Angerosa, Mário Aphonso III e Jardel Caetano (em revezamento com Cesar Assolant). Em tempo: quem curtir o programa pode levar para casa o CD Tic Tic Tati (R$ 20,00), lançado pelo Selo Sesc, com as catorze composições executadas no espetáculo.

AVALIAÇÃO ✪✪✪

Fonte: VEJA SÃO PAULO