Crise hídrica

Nível do Cantareira volta a subir e atinge 10,4%

Sistema terá recuperado segunda cota do volume morto quando chegar a 10,7%

Por: Veja São Paulo

Cantareira
Represa Atibainha, em Nazaré Paulista (SP), que voltou a registrar alta (Foto: Luis Moura/Folhapress)

O nível do Sistema Cantareira subiu de 10,2% para 10,4%, de acordo com boletim divulgado pela Sabesp na manhã deste domingo (22). Foi a 18ª alta de fevereiro e a 16ª consecutiva.

+ Sabesp quer aumento da conta de água para equilibrar finanças

Segundo a companhia, quando o Cantareira atingir 10,7%, numericamente o sistema terá recuperado a segunda cota e entrará no primeiro volume morto, que vai até 18,5% do índice total.

O reservatório, que abastece 6,2 milhões de pessoas na Grande São Paulo, tem recebido chuvas constantes e já superou a média histórica do mês. No entanto, o cenário permanece crítico. Embora o governador tenha dito nesta sexta-feira (20) que "não há nenhuma previsão de rodízio", os consumidores enfrentam a redução de pressão nas torneiras realizada pela Sabesp.

O Alto Tietê, o mais crítico depois do Cantareira, manteve o ritmo de alta e chegou a 18,2%. O sistema do Guarapiranga manteve o índice registrado no sábado. Já o Alto Cotia apresentou mesmo nível da sexta-feira (20).

Veja os valores deste sábado (21) e domingo (22):

Cantareira – 10,2% sábado, 10,4% domingo

Alto Tietê – 18,0% sábado, 18,2% domingo 

Guarapiranga – 57,5% sábado, 57,5% domingo 

Alto Cotia – 36,6% sábado, 36,6% domingo

Fonte: VEJA SÃO PAULO