Abastecimento

Cantareira sobe pelo segundo dia consecutivo

Sistemas Rio Claro e Alto Cotia também apresentaram alta nesta quarta-feira (4)

Por: Veja São Paulo

Cantareira - Atibainha
Terra seca: chão rachado na represa Atibainha, em Nazaré Paulista (Foto: Nilton Cardin/Folhapress)

Pelo segundo dia consecutivo, o Cantareira apresentou um ligeiro aumento de seu volume. De acordo com informações divulgadas pela Sabesp, o sistema está com 5,2% de sua capacidade nesta quarta-feira (4), um aumento de 0,1 ponto percentual em relação ao dia anterior.

+ 'Gato' de água desviou 2,6 bilhões de litros, diz Sabesp

Na terça (3), após chuvas intensas na capital, o reservatório registrou a primeira alta de 2015. O atual cálculo da Sabesp já considera duas cotas do volume morto - uma de 182,5 bilhões, adicionada em maio do ano passado, e outra de 105 bilhões de litros de água, em outubro.

+ Chuvas no Cantareira foram praticamente a metade da média histórica

Além do Cantareira, os sistemas Alto Cotia e Rio Claro também apresentaram elevação. Com 23,8 milímetros de chuva acumulada, o Alto Cotia subiu de 28% para 28,4%. Já o Rio Claro, que não acumulou chuva alguma no último dia, teve um aumento 0,3 ponto percentual, passando de 29,5% para 29,8%.

+ Sabesp divulga horários em que reduz a água na rede

Permanecem estáveis a represa de Guarapiranga, com 47,9% de sua capacidade e o sistema Rio Grande, com 74,8%. Nestas duas localidades, a Sabesp não registrou nenhuma chuva.

+ Confira as últimas notícias

A má notícia do dia fica por conta do sistema Alto Tuietê, o segundo mais importante para o abastecimento da capital e região metropolitana, e o único que teve queda nesta quarta. O nível dos reservatórios caiu 0,1 ponto percentual, passando de 11,1% para 11%.

Fonte: VEJA SÃO PAULO