Mistérios da Cidade

Colecionador reúne quase setenta canecas de chope raras

Prateleira da Choperia A Estalagem mostra coleção garimpada desde 1962

Por: Raphael Martins

Canecas de Chope — A Estalagem
Visão da estante onde estão expostos os 68 modelos de caneca de chope de Manuel Alves (Foto: Divulgação)

Dono de restaurantes famosos na capital, como o América e o Barbacoa, o português Manuel Alves mantém uma estante curiosa na Choperia A Estalagem, em Moema, também de sua propriedade. Trata-se de uma das maiores coleções no país de canecas de chope da Bavária.

+ Espaço na Avenida Paulista exibe coleção de obras de arte e documentos

O acervo de 68 itens foi garimpado em mais de vinte viagens realizadas a países como Alemanha e Estados Unidos desde 1962. As mais valiosas costumam ser encontradas em feiras de artesanato e adquiridas por valores em torno de 120 reais. Veja as cinco mais raras:

› Anheuserfoi, St. Louis (EUA): produzida com exclusividade para a Anheuser-Busch (que hoje integra o grupo Inbev) e adquirida em um festival

› Berkefeld Filter, Munique (Alemanha): trata-se, na verdade, de um filtro antibactérias, adotado por bares europeus na década de 20

› Gott & Echal’s, Frankfurt (Alemanha): encontrada em um antiquário

› Nur Wo Volle Becher Blinken, Vianden (Luxemburgo): comprada em uma pequena feira na Alemanha

› Willkommen Alle Zeit, Munique (Alemanha): garimpada em uma exposição de louças antigas

Fonte: VEJA SÃO PAULO