Inverno

Campos do Jordão reúne música clássica e festival de artes

Cidade oferece espetáculos para todas as idades; veja opções de baladas, bares e restaurantes

Por: Redação Veja São Paulo - Atualizado em

Campos do Jordão_2172
Quarteto Arditti é formado por inglês, armeno, alemão e brasileiro (Foto: Philippe Gontier)

CONFIRA DICAS DE CAMPOS DO JORDÃO

Acordes de hoje. O período clássico-romântico dos séculos XVIII e XIX impera no repertório das salas de concerto do mundo inteiro. Já os compositores modernos e contemporâneos têm um cartaz bem menor. Entre os grupos focados na produção mais recente, o Quarteto Arditti sobressai. Fundado em 1974 pelo violinista inglês Irvine Arditti, o competente conjunto é integrado ainda pelo armênio Ashot Sarkissjan (violino), pelo alemão Lucas Fels (violoncelo) e pelo brasileiro Ralf Ehlers (viola). Na quarta (7), a formação realiza um recital no Festival de Inverno. O roteiro traz Grande Fuga Op. 133, de Ludwig van Beethoven, Quarteto de Cordas Op. 3, de Alban Berg, Seis Bagatelas Op. 9, de Anton Webern, Tetras, de Iannis Xenakis, e Grido, de Helmut Lachenmann. No dia seguinte, os instrumentistas sobem ao palco do Sesc Vila Mariana, em São Paulo, com outro programa (leia em Concertos, na pág. 111). Quarteto Arditti. Auditório Cláudio Santoro (852 lugares). Avenida Doutor Luís Arrobas Martins, 1880, Alto da Boa Vista, tel.: (12) 3662-2334. Quarta (7), 21h. R$ 50,00. Bilheteria: 9h/22h (seg. e ter.); a partir das 9h (qua.). Cc: todos. Cd: R e V. IR.

 

ESPECIAL

ESPAÇO CULTURAL VEJA SÃO PAULO. Pelo oitavo ano, o espaço de 4 000 metros quadrados oferece filmes, shows, peças, aulas de ioga e, nesta edição, abriga uma pista de patinação no gelo. Há espetáculos para as crianças de quarta a sábado, às 17h, e no domingo, às 15h. Na quarta (7), a Cia. Prosa dos Ventos abre a semana com a montagem infantil Na Corda da Viola, inspirada nas cantigas do maestro Heitor Villa-Lobos. Atração da quinta (8), a peça ZooIlógico, de Henrique Sitchin, Claudio Saltini e Verônica Gerchman, também diretora, mostra personagens decididos a soltar a imaginação depois de verem frustrada a visita a um zoológico. Inspirada no mundo do picadeiro, Circus — A Nova Turnê, dirigida por Claudio Saltini, traz personagens exóticos com o homem-bala, os ovos adestrados e as minhocas contorcionistas para divertir a meninada na sexta (9). Dando início ao embalo do fim de semana, às 21h, os dez integrantes do grupo Beatles segundo a Cia. Filarmônica revivem clássicos dos quatro garotos de Liverpool. No dia seguinte, as atrações são a peça Antigamente Quando Eu Era Pequenino e, a partir das 21h, o cantor e compositor Chico César, que interpreta sucessos de sua carreira, a exemplo de À Primeira Vista, Pensar em Você e Mama África. A montagem do clássico Chapeuzinho Vermelho promete conquistar as crianças no domingo (11). Os cinéfilos também encontram seu território. Uma sala de exibições com oitenta lugares faz sessões diárias, exceto às segundas. Confira a programação de terça (6) a domingo (11): 14h, a animação A Era do Gelo 3 (dublado, 96min, livre); 16h, a aventura Pequenos Invasores (dublado, 87min, livre); 18h, a comédia romântica 500 Dias com Ela (legendado, 95min, 14 anos); 20h, a comédia Uma Noite Fora de Série (legendado, 88min, 12 anos). Há uma sessão extra às 22h na sexta (9) e no sábado (10): a comédia de terror Garota Infernal (legendado, 102min, 14 anos). Espaço Cultural Veja São Paulo. Rua Doutor Mário Otoni Rezende, 173, Capivari. Terça a quinta e domingo, 10h às 22h; sexta e sábado, 10h à 0h. Grátis. Até dia 31.

FESTIVAL DE INVERNO

Auditório Cláudio Santoro (860 lugares). Avenida Doutor Luís Arrobas Martins, 1880, Alto da Boa Vista, ☎ (12) 3662- 2334. Bilheteria: 9h/22h (seg. a sáb.); 9h/18h (dom.). Ingressos também na Loja do Festival (Praça do Capivari, 190). Em São Paulo: Sala São Paulo (Praça Júlio Prestes, 16, ☎ 3223-3966, E Luz). Cc: todos. Cd: R e V. IR.

ANTONIO MENESES E MARIA JOÃO PIRES. Em sua 41ª edição, o Festival de Inverno de Campos do Jordão promove um encontro de dois dos mais competentes e tarimbados instrumentistas do mundo: o violoncelista pernambucano Antonio Meneses e a pianista portuguesa Maria João Pires. Eles nunca se apresentaram juntos. Para melhorar, além da oportunidade de vê-los em ação no friozinho da serra, há um recital em São Paulo no feriado — em outros anos, somente o encerramento do festival era reapresentado aqui. No Auditório Cláudio Santoro, na quinta (8), e na Sala São Paulo, na sexta (9), o duo interpreta o mesmo programa, com obras de dois compositores alemães. De Bach, a Suíte para Violoncelo Nº 3 em Dó Maior BWV 1009; de Beethoven, a Sonata para Violoncelo e Piano Nº 2 em Sol Menor Op. 5, a Sonata para Piano Nº 17 em Ré Menor Op. 31 Nº 2 — Tempestade e a Sonata para Violoncelo e Piano Nº 3 em Lá Maior Op. 69.

CAMERATA ABERTA. Quinze músicos integram o grupo, criado pela Escola de Música do Estado de São Paulo — Tom Jobim e especializado em repertório contemporâneo. No programa, temas de Schoenberg, Stefano Gervasoni e Silvio Ferraz, entre outros. Regência de Eduardo Leandro. Participação do violista francês Christophe Desjardins. Segunda (5), 21h. R$ 40,00.

NELSON FREIRE E ORQUESTRA FILARMÔNICA DE MINAS GERAIS. Sob a batuta de Fabio Mechetti, a formação mineira recebe o grande pianista conterrâneo. Nelson sola no Concerto Nº 2 em Si Bemol Maior Op. 83, de Brahms. Também constam no roteiro trechos das suítes Nºs 1 e 2 de Romeu e Julieta Op. 64, de Prokofi ev. Sábado (10), 21h. R$ 80,00.

ORQUESTRA EXPERIMENTAL DE REPERTÓRIO. Liderados pelo maestro Jamil Maluf, os músicos da OER fazem uma apresentação com duas obras de Mahler. No roteiro, encontram-se oito das canções do ciclo A Trompa Mágica do Menino, com participação da meio-soprano Denise de Freitas e do barítono Leonardo Neiva, e a Sinfonia Nº 1 em Ré Maior, a afamada Titã. Terça (6), 21h. R$ 40,00.

ORQUESTRA SINFÔNICA BRASILEIRA. Regida por Roberto Minczuk, a formação carioca interpreta a Sinfonia Nº 3, de Mahler. Participação do Coro Sinfônico do Rio de Janeiro, do coro de crianças da orquestra e da meio-soprano austríaca Natascha Petrinsky. Sexta (9), 21h. R$ 80,00.

Capela do Palácio Boa Vista (60 lugares). Avenida Doutor Adhemar de Barros, 3001, Alto da Boa Vista, ☎ (12) 3662- 1122. IR.

MÚSICA DE CÂMARA. Instrumentistas como Alberto Almarza (fl auta), Daniel Guedes (violino) e Christophe Desjardins (viola) participam do espetáculo. Criações de Alberto Ginastera e Sofia Gubaidulina encontram-se entre as pedidas. Sexta (9), 17h. R$ 50,00.

MÚSICA DE CÂMARA. Radicado no Brasil, o violoncelista grego Dimos Goudaroulis reparte as atenções com o cravista Nicolau de Figueiredo. Andrea Caporale e Giuseppe Valentini estão entre os autores contemplados. Sábado (10), 17h. R$ 50,00.

Praça do Capivari. BANDA SINFÔNICA JOVEM DO ESTADO. Comandada por Mônica Giardini, a banda executa trabalhos de Alfred Reed, Edmundo Villani-Côrtes e Frigyes Hidas. Há ainda Carmen Fantasy, inspirada em Bizet, e o Concerto para Tuba e Banda Sinfônica, do húngaro Roland Szentpali, que sola nesta peça. Domingo (11), 12h30. Grátis.

CAMERATA ANTIQUA DE CURITIBA. O grupo paranaense se exibe sob a batuta de Wagner Polistchuk. Bachianas Brasileiras Nº 9, de Villa-Lobos, destaca-se no programa. Sábado (10), 12h30. Grátis.

JAZZ SINFÔNICA. João Maurício Galindo rege a orquestra. No repertório, temas do cantor e compositor congolês Ray Lema, que divide o palco com as cantoras Juliana Amaral e Tatiana Parra. Sexta (9), 12h30. Grátis.

Igreja Nossa Senhora da Saúde (150 lugares). Praça Nossa Senhora da Saúde, 1, Vila Jaguaribe, ☎ (12) 3662-2919.

MÚSICA DE CÂMARA. Luís Otávio Santos (violino barroco) e Alessandro Santoro (cravo) dividem os holofotes. Eles tocam as sonatas Nºs 1, 2, 3 e 4, de Bach. Segunda (5), 15h30. Grátis.

QUARTETO DE CORDAS DA CIDADE. Nelson Rios, Betina Stegmann (violinos), Robert Suetholz (violoncelo) e Marcelo Jaffé (viola) formam o conjunto. Aqui eles interpretam Réquiem sem Palavras, de Almeida Prado. Sexta (9), 15h30. Grátis.

■ Igreja São Benedito (200 lugares). Avenida Macedo Soares, 55, Capivari, tel.: (12) 3663-1340. CAMERATA FUKUDA. O grupo se apresenta sob a batuta de Ugo Kageyama. Peças de Vivaldi, Masaaki Hayakawa, Roberto Victorio e Haydn estão no programa. Quinta (8), 15h30. Grátis.

BALADAS

SUPER CLUB SIRENA PHOENIX. A Phoenix, que funciona há dezessete anos nas temporadas de inverno em Campos do Jordão, e o Sirena, clube bombado da Praia de Maresias, uniram forças e montaram uma nova casa. Às sextas e aos sábados, é o pessoal do Sirena quem bota para quebrar. Nesta semana, aparece primeiramente o DJ Ricardo Menga, expert em house. O DJ Teclas comanda uma festa do branco na noite seguinte, sábado (10), quando é obrigatório o uso de uma peça de roupa dessa cor. Para fechar o fim de semana, no domingo (11), uma folia montada pela Phoenix se volta às mulheres e tem entrada gratuita para elas até a 1h da manhã. Avenida José Oliveira Damas, 582, Capivari. Informações, tel.: 3051- 5465. 23h/último cliente (sex. a dom.). Mulheres: R$ 40,00 (antecipado) e R$ 50,00. Homens: R$ 80,00 (antecipado) e R$ 100,00. Cc: D, M e V. Cd: todos. Venda antecipada nas lojas Triton Eyewear dos shoppings Ibirapuera e Morumbi, com pagamento somente em dinheiro.

TARGET. Neste ano, a boate ocupa o subsolo do Shopping Aspen Mall, no centro da cidade, com capacidade para até 1.500 pessoas. São duas pistas: uma dedicada à black music e outra ao house. Na sexta (9), rola a festa City Sounds, idealizada pelos DJs Rodrigo Thomaz e Emmanuel Rocha. Com vinte anos de experiência nos pick-ups, Fábio Castro é a atração do sábado (10). Rua Djalma Forjaz, 93, Capivari, tel.: (12) 3621-3487. 23h/último cliente (sex. e sáb.). R$ 60,00 (mulheres) e R$ 80,00 (homens). Cc: D, M e V. Cd: todos. www.targetclub.com.br.

BAR

TIAGO’S MUSIC BAR. O antigo casarão com vista para a cachoeira Véu da Noiva tem uma programação musical que transita entre pop rock, sertanejo, samba e MPB. Para fugir um pouco do burburinho, as mesas perto da lareira acolhem aqueles que querem experimentar uma das 32 pizzas — a que combina frango, catupiry e milho sai por R$ 22,50. Há também fondue de queijo (R$ 42,00), que pode ser acompanhada por uma garrafa de vinho chileno Santa Helena Cabernet Sauvignon 2009 (R$ 38,00). Avenida Pedro Alves Pereira, 885, Véu da Noiva, tel.: (12) 3663-6431. 10h/4h (fecha seg. a qua.). Cc: M e V. Cd: R e V. Couvert art.: R$ 8,00 a R$ 10,00. P www.tiagosmusicbar.com.br.

RESTAURANTES

ARAUCÁRIA. A cozinha do chef Alexandre Bugni Righetti combina técnicas da culinária francesa e ingredientes da Região Norte do país. Assim, aparecem no menu de entrada timbales de viera grelhada na manteiga com molho à base de tomate e alcaparra em fl ocos de batata (R$ 35,00). Dos pratos, medalhão de lagosta com purê de batata ao açafrão e creme de bisque (R$ 68,00). Com 213 rótulos, a carta de vinhos traz sugestões como o argentino DV Catena Cabernet-Cabernet 2007 (R$ 110,00). Avenida Frei Orestes Girardi, 3549, Grande Hotel Senac, Capivari, tel.: (12) 3668- 6000 (50 lugares). 20h30/23h30 (qui. a sáb. apenas com reserva; fecha de dom. a qua.). Cc: todos. Cd: todos. Estac. c/manobr. (R$ 35,00) www.grandehotelsenac.com.br. Aberto em 1998. $$$$

2172_fondue_ludwig_restaurant_campos_do_jordao
Fondue de queijo do Ludwig Restaurant: R$ 135,75 para duas pessoas (Foto: Heudes Regis)

LUDWIG RESTAURANT. Do salão de inverno, onde troncos de araucária se integram ao ambiente, veem-se a fonte e o lago com carpas no jardim. Lâminas de presunto cru acompanhadas de pão e azeite (R$ 84,20 para duas pessoas) precedem a fondue bourguignonne, em que tiras de filé-mignon são fritas à mesa em óleo de semente de uva. Acompanham o prato batata ao alho, geleia de pimenta e chutney de manga (R$ 155,17 para duas pessoas). A adega guarda 180 rótulos de vinho, entre eles o argentino Trapiche Pinot Noir 2007 (R$ 94,55). Rua Aristides de Souza Melo, 50, Capivari, tel.: (12) 3663-5111 (100 lugares). 19h/0h (sáb., dom. e feriados a partir das 12h). Cc: todos. Cd: todos. Couvert: R$ 29,87. Estac. c/manobr. a (R$ 100,00) a www.ludwigrestaurant. com.br. Aberto em 1999. $$$$

NEVADA. Há 45 anos ocupa o mesmo endereço, em meio ao burburinho do Capivari. O cardápio é extenso e lista sopas, fondues, saladas, risotos, aves e porções. Há espaço para novidades, como fettuccine country (tiras de filé-mignon servidas com molho bechamel; R$ 54,00) e badejo à belle meunière com arroz e brócolis (R$ 77,90). Ambos servem duas pessoas. Para beber, vinho chileno Veo Grande Cabernet Sauvignon 2008 (R$ 79,00). Avenida Macedo Soares, 159, Capivari, Campos do Jordão, tel.: (12) 3663- 1566 (140 lugares). 11h30/0h. Cc: todos. Cd: todos. Cr: V. P a (R$ 20,00). www.restaurantenevada.com.br. Aberto em 1965. $$$

EXPOSIÇÃO

FELÍCIA LEIRNER. Polonesa naturalizada brasileira, a escultora Felícia Leirner (1904-1996) manteve uma relação especial com Campos do Jordão, onde viveu durante alguns anos — a cidade mantém desde 1978 um museu a céu aberto com o nome da artista. Residência de inverno do governo estadual, o Palácio da Boa Vista recebe a mostra A Natureza pela Janela da Alma. Além de dezesseis esculturas de Felícia, a seleção reúne trabalhos de seus três filhos, Nelson, Giselda e Adolfo. Palácio da Boa Vista. Avenida Ademar de Barros, 3001, Alto da Boa Vista, tel.: (12) 3662-1122. Quarta a domingo e feriados, 10h às 12h e 14h às 17h. R$ 5,00. Grátis para menores de 10 anos e grupos de estudantes de escolas públicas. Até 15 de novembro. A partir de quarta (7).

Fonte: VEJA SÃO PAULO