Especial

O que fazer no Festival de Campos do Jordão

Peças infantis, exibição de filmes, concertos, baladas e, é claro, o melhor da gastronomia

Por: Redação VEJA SÃO PAULO

Campos do Jordão 2278
Fabio Zanon e seu violão, agito no Winter Lounge, chope e petiscos no Safári, e a música do Quinteto Villa-Lobos: boas opções na cidade (Foto: Valeria Mendonça / Fernando Moraes / Leo Feltran / Divulgação)
ESPECIAL ■ Rua Doutor Mário Otoni Rezende, 173, Capivari. 14h/22h (qua. e qui.); 10h/0h (sex. e sáb.); 10h/22h (dom.). Grátis. Até dia 28. ESPAÇO VEJA SÃO PAULO. Há dez anos, o espaço de 5.000 metros quadrados é uma boa opção de lazer para a família. Durante o mês de julho, oferece programas culturais gratuitos, como sessões de cinema, peças de teatro infantil e shows. Um espetáculo por dia diverte a criançada. De quarta (18) a sábado (21), sempre às 17h, serão encenadas, respectivamente, “A Boa Bruxa”, “Shake Shake Baby”, “O Caso do Bolinho” e “O Menino Mais Forte do Mundo”. No domingo (22), à s 15h, “A Menina Nastácia e Zilefo” será exibida. Na sexta (20), às 21h, os adultos podem conferir a apresentação de Nany People. No dia seguinte, a banda Quadriphonix coloca o público para dançar, às 21h, com clássicos do pop rock. A programação de cinema traz sucessos de bilheteria, com cinco exibições, de quarta a domingo, a partir das 14h. Confira a programação: 14h, a comédia “Os Pinguins do Papai” (dublado, 94min, livre); 16h, a comédia dramática “Compramos um Zoológico” (dublado, 124min, livre); 18h, a ficção científica “Planeta dos Macacos — A Origem” (legendado, 105min, 12 anos); 20h, o terror “A Hora da Escuridão” (legendado, 89min, 12 anos). Duas sessões extras na sexta (20) e sábado (21), às 22h, apresentam o drama “Assalto ao Banco Central” (101min, 12 anos). Para os esportistas, há pista de patinação no gelo, circuito de arvorismo e parede de escalada. + Dicas de pratos quentinhos e cuidados estéticos nas baixas temperaturas + Quatro endereços cervejeiros apresentam novidades para o inverno FESTIVAL DE INVERNO ■ Auditório Cláudio Santoro (1.050 lugares) . Avenida Doutor Luís Arrobas Martins, 1800, Alto da Boa Vista, tel.: 3662-2334. Bilheteria: a partir das 14h em dias de concerto à tarde ou à noite; a partir das 9h quando houver concerto às 11h. Em São Paulo, na Sala São Paulo (Praça Júlio Prestes, 16, tel.: (11) 3223-3966, Estação Luz): 10h às 18h (seg. a sex.), 10h às 16h30 (sáb.) e duas horas antes do concerto (dom. e feriados). Cc: todos. Cd: R e V. IR.FABIO ZANON. Sem dúvida o principal nome do violão erudito brasileiro na atualidade, o paulista de Jundiaí mostra um repertório diversificado. Há no programa peças de dois nomes incontornáveis do barroco — Henry Purcell e Domenico Scarlatti —, mas Zanon vai tocar ainda o nacionalista Isaac Albéniz e os modernistas Manuel Ponce, Manuel De Falla e Francisco Mignone. Vale conferir a mistura. Terça (17), 20h30. R$ 50,00. NELSON FREIRE, MARIN ALSOP E ORQUESTRA DO FESTIVAL. No último concerto da orquestra formada pelos bolsistas do festival, com ingressos esgotados, dois convidados de honra participam: o pianista mineiro Nelson Freire e a maestrina americana Marin Alsop. Nelson sola no “Concerto para Piano e Orquestra Nº 20 em Ré Menor K. 466”, de Mozart. Marin lidera o conjunto também na “Abertura Festival”, de Camargo Guarnieri, e na suíte “O Mandarim Maravilhoso”, de Béla Bartók. Sábado (21), 20h30. R$ 80,00. Atenção: os ingressos estão esgotados. ROBERTO MINCZUK, TURÍBIO SANTOS E ORQUESTRA SINFÔNICA BRASILEIRA. Presença constante no Festival de Campos do Jordão — foi bolsista e diretor artístico —, o maestro paulistano Roberto Minczuk está de volta, agora para reger a OSB. Constam no repertório da formação carioca a explosiva “Sinfonia Nº 10 em Mi Menor Op. 93”, de Dmitri Shostakovich, o poema sinfônico “Don Juan”, de Richard Strauss, e a inédita “Suíte Concertante para Violão e Orquestra”, com solos do violonista Turíbio Santos. Sexta (20), 20h30. R$ 80,00. ■ Capela do Palácio Boa Vista (60 lugares). Avenida Doutor Adhemar de Barros, 3001, Alto da Boa Vista, tel.: 3662-1122. QUARTETO BRASILEIRO DE VIOLÕES. Integram o programa da formação composições de Heitor Villa-Lobos e Isaac Albéniz. Sábado (21), 17h. Grátis. QUARTETO OSESP. Formado por Emmanuele Baldini, Davi Graton (ambos no violino), Peter Pas (viola) e Johannes Gramsch (violoncelo), o grupo apresenta o “Quarteto Nº 19 em Dó Maior K. 465 — Dissonâncias”, de Mozart, o “Quarteto de Cordas Nº 3”, de Schnittke, e o “Quarteto Nº 15”, de Villa-Lobos. Atenção: o quarteto Osesp toca ainda temas de Schubert e Dvorák na Igreja São Benedito (Avenida Macedo Soares, 55, Vila Capivari, tel.: 3662-1340) na sexta (20), a partir das 15h30. Quinta (19), 17h. Grátis. QUINTETO VILLA-LOBOS. Fundado em homenagem ao autor das “Bachianas Brasileiras”, o grupo aborda o repertório brasileiro, com destaque para a “Suíte para Quinteto de Sopros”, de Radamés Gnatalli. Edino Krieger, Ronaldo Miranda e Ernesto Nazareth também serão lembrados. A exceção é o alemão August Klughardt. Terça (17), 17h. Grátis. ROMAIN GUYOT E RICARDO BALLESTERO. Com passagem por formações estrangeiras importantes — integra a prestigiosa Orquestra de Câmara da Europa —, o clarinetista francês divide o palco com o pianista paulistano. Além de trabalhos de Debussy, Bernstein e Théodore Gouvy, estão programadas duas composições do alemão Jörg Widmann: a “Fantasia para Clarinete e Cinco Fragmentos para Clarinete e Piano”. Quarta (18), 17h. Grátis. ■ Igreja Santa Teresinha (300 lugares). Rua Tadeu Rangel Pestana, 662, Vila Abernéssia, tel.: 3662-1740.GRUPO DE CÂMARA DO FESTIVAL. Formado por bolsistas do festival, a formação toca o “Quinteto de Sopros com Piano em Mi Bemol Maior K. 452”, de Mozart, e o “Noneto H. 374”, de Martinú. Quarta (18), 15h30. Grátis. ■ Praça do Capivari.ORQUESTRA SINFÔNICA DO CONSERVATÓRIO DE TATUÍ. A “Sinfonia Nº 9 em Ré Menor Op. 125”, de Beethoven, é a atração do concerto. Regência de João Maurício Galindo e participação de quatro cantores solistas e dois coros. Domingo (22), 12h30. Grátis. BALADASWINTER LOUNGE. Fundado há doze anos, o Winter Lounge funciona somente durante a temporada de inverno de Campos do Jordão. Neste ano, a casa passou por uma reforma e reabre com bar dedicado ao champanhe e varanda. Os DJs residentes João Paulo Mollo, Leo Cury e Raphael Fleischmann mandam house, black music e funk carioca. Rua Doutor Raphael Pelegrini Gionotti, 315, Capivari, tel.: (11) 9945-8574 (800 pessoas). 0h/último cliente (qui. a sáb.). R$ 80,00 (mulheres) e R$ 200,00 (homens). DISCO. Há mais de uma década na ativa, a boate paulistana voltada a playboys e patricinhas escolheu o subsolo do Shopping Aspen Mall, bem no meio do burburinho de Capivari, para armar uma filial. A decoração conta com corredor de entrada de paredes prateadas e vinte mesas-camarote espalhadas pela pista. Cinco bares completam o ambiente de 1.000 metros quadrados. Hits de house tomam conta da trilha sonora. Rua Djalma Forjaz, 93 (Shopping Aspen Mall Capivari), subsolo, tel.: (11) 3078-0404 (800 pessoas). 23h/último cliente (sex. e sáb.). R$ 150,00. Cc: todos. Cd: todos. BARSAFÁRI RESTAURANTE & BAR. É palco de uma programação musical apoiada na bossa nova e na MPB do esquema voz e violão. Nas noites mais agitadas, grupos de pop rock embalam a clientela, que prefere ocupar as mesas espalhadas pela calçada, ao redor de aquecedores. Pratos como a batata assada no forno a lenha com carne-seca acebolada (R$ 54,90, para duas pessoas) fazem companhia ao chope Eisenbahn, nas versões pilsen (R$ 8,90) e dunkel (R$ 9,20), ambas com 250 mililitros. Rua Djalma Forjaz, 139, Capivari, tel.: 3663-4936. 11h/3h (sex. e sáb. até 5h). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 7,00 (opcional). www.safarirestaurante.com.br. Aberto em 2005. COMIDINHASGELEIA DOS MONGES. Embora tenha lançado recentemente um brigadeiro de colher (R$ 7,80; 270 gramas), fez fama na cidade com a linha de geleias. As de frutas vermelhas e damasco (R$ 8,80 cada uma) também estão disponíveis em uma versão diet. Indicadas para acompanhar carnes, as opções agridoces (R$ 8,50) podem ser de pimenta com alecrim, gengibre ou ervas finas. Aqueça-se lá mesmo com um café expresso (R$ 4,20) ou chocolate quente cremoso (R$ 6,20) da marca Araucária, que pertence ao mesmo grupo. Rua Santa Tereza, 95, Vila Isabela, tel.: 3664-2132. 10h/18h. Cc: A, M e V. Cd: todos. www.geleiadosmonges.com.br. Aberto em 1998. RESTAURANTESARAUCÁRIA. Diversas vezes premiado pela edição especial “Comer & Beber” de VEJA BELO HORIZONTE, o chef Ivo Faria, à frente do italiano Vecchio Sogno, participa da 4ª edição do “Festival Rota dos Sentidos”. Neste sábado (14), o cozinheiro prepara um jantar harmonizado em quatro etapas inspirado na obra de Heitor Villa-Lobos. Entre as sugestões aparece a posta de peixe sobre moquequinha de abóbora ao molho de cupuaçu. A noite será embalada pela soprano Julianne Daud, que interpreta acompanhada de piano, violino e violoncelo obras do maestro brasileiro. Custa R$ 220,00 por pessoa. Pede-se para reservar. Avenida Frei Orestes Girardi, 3549 (Grande Hotel Senac), Capivari, tel.: 3668-6000 (54 lugares). 20h30/23h30 (qui. a sáb.). Cc: todos. Cd: todos. Estac. c/manobr. (R$ 35,00). www.grandehotelsenac.com.br. Aberto em 1998. SÓ QUEIJO. Além da versão de queijos emmental, gouda e gruyère, prepara uma receita de fondue de carne na qual cubos de filé-mignon são mergulhados em óleo quente de coco. Doze molhos acompanham, entre eles ervas, alho e queijo com limão-siciliano. Custam R$ 118,76 cada um, para duas pessoas. A opção doce que mistura creme belga de avelã e chocolate ao leite faz as vezes de sobremesa. Chega ao lado de frutas e biscoito doce (R$ 76,67). Avenida Macedo Soares, 642, Capivari, tel.: 3663-7585 (220 lugares). 12h/2h. Cc: todos. Cd: todos. (R$ 45,00) www.soqueijo.com.br. Aberto em 1969.

Fonte: VEJA SÃO PAULO