Campos do Jordão

Confira a programação do Festival de Inverno

Marin Alsop e Orquestra Sinfônica do Estado estão entre os concertos do evento

Por: Jonas Lopes

Marin Alsop
Marin Alsop (Foto: Divulgação)

› MARIN ALSOP E ORQUESTRA SINFÔNICA DO ESTADO

Os paulistanos que apreciam música erudita já sabem: quando chega o finzinho de junho é hora de começar a acompanhar o Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão. A 44ª edição da festa reúne 65 concertos até 28 de julho. Organizadora do evento pelo segundo ano consecutivo, a Osesp realiza a abertura oficial no sábado (29). Sob a batuta da maestrina titular, a americana Marin Alsop, a orquestra segue um repertório entre o erudito e o popular. Estão previstas as Danças Sinfônicas, do musical Amor, Sublime Amor, de Leonard Bernstein. De um dos precursores do jazz, James P. Johnson, será tocada a canção Victory Stride. Completa o repertório a Sinfonia Nº 4 — Brasília, de Camargo Guarnieri.

Auditório Claudio Santoro (850 lugares). Avenida Doutor Luís Arrobas Martins, 1800, Alto da Boa Vista, ☎ 3662-2334. Sábado (29), 20h30. R$ 80,00. Bilheteria: a partir das 12h (sáb.). IR. Ingressos também na Sala São Paulo (Praça Júlio Prestes, 16, ☎ 3223-3966, ① Sé).

+ Especial Inverno 2013

› ORQUESTRA JOVEM DO ESTADO

Sob a batuta de Cláudio Cruz, a Estadualzinha recebe a soprano Rosana Lamosa para a execução da Sinfonia Nº 4 em Sol Maior, de Gustav Mahler. A récita tem início com a Abertura Festiva em Lá Maior Op. 96, de Dmitri Shostakovich. Domingo (30), 11h. R$ 20,00.

Auditório Claudio Santoro (850 lugares). Avenida Doutor Luís Arrobas Martins, 1800, Alto da Boa Vista, ☎ 3662-2334. Sábado (29), 20h30. R$ 80,00. Bilheteria: a partir das 12h (sáb.). IR. Ingressos também na Sala São Paulo (Praça Júlio Prestes, 16, ☎ 3223-3966, ① Sé).

› BANDA SINFÔNICA JOVEM DO ESTADO

Os saudosistas vão se deliciar com o reper-tório do concerto, calcado em trilhas sono-ras de desenhos clássicos. Temas de Os Flintstones, Jonny Quest, A Pantera Cor-de-Rosa, Pica-Pau e Space Ghost estão pro-gramados. Regência de Mônica Giardini.

Praça do Capivari. Domingo (30), 13h. Grátis.

› SINFÔNICA HELIÓPOLIS

Em novembro de 1889, a Sinfonia Nº 1 em Ré Maior — Titã, de Gustav Mahler, estreou sem conseguir uma recepção amigável da plateia: a maioria da audiência se enfureceu com a obra, devido à violência do último movimento e às alusões a temas folclóricos e a uma canção de ninar. Hoje adorada pelo público, ela é o ponto central da récita da Sinfônica Heliópolis, a principal atração do segundo dia do Festival de Inverno de Campos do Jordão. Com regência de Isaac Karabtchevsky, a formação traz ainda uma peça de Saint-Saëns, com participação do armênio Alexander Chaushian.

Auditório Cláudio Santoro (850 lugares). Avenida Doutor Luís Arrobas Martins, 1800, Alto da Boa Vista, ☎ 3662-2334. Domingo (30), 20h30. R$ 80,00. Bilheteria: a partir das 12h (sáb.).

Fonte: VEJA SÃO PAULO