Mistérios da Cidade

Câmara proíbe comercialização de suco infantil que simula espumante

Prefeito Fernando Haddad tem até janeiro para sancionar ou vetar o projeto de lei

Por: Mauricio Xavier [com reportagem de Adriana Farias]

Suco gaseificado Spunch
Câmara dos Vereadores vetou a comercialização de sucos com embalagem que imitam champanhe (Foto: Divulgação)

O Spunch! não passa de um suco de morango gaseificado direcionado às crianças, mas a garrafa de 660 mililitros é idêntica à dos espumantes bebericados pelos adultos na festas de fim de ano. Para agradar aos meninos, vem com imagens do Batman e do Super-Homem. Para as meninas, da Cinderela e da Branca de Neve.

Sob o argumento de que a bebida, vendida por cerca de 9 reais, influencia o público infantil no consumo do álcool, a Câmara Municipal acaba de aprovar um projeto de lei vetando sua comercialização. “É igual ao cigarrinho de chocolate, proibido há alguns anos por estimular o tabagismo”, diz o vereador Marco Aurélio Cunha, autor da peça.

Como o prefeito Fernando Haddad tem até janeiro para sancioná-la ou vetá-la, é possível que a champanhota da criançada esteja liberada para este réveillon. A fabricante CRS Brands aguarda a decisão para se posicionar.

Fonte: VEJA SÃO PAULO