Cidade

Câmara pode votar projeto que dá tolerância no rodízio de veículos

Texto de vereador do PV prevê que multas só sejam aplicadas após as 7h15 e depois das 17h15

Por: Veja São Paulo

Avenida do Estado Trânsito
Avenida do Estado: congestionamentos constantes (Foto: Ivan Dias)

Os motoristas da capital podem ganhar 30 minutos de tolerância no rodízio municipal de veículos, caso um projeto que está na Câmara seja aprovado.

De autoria do vereador Abou Anni (PV), o texto flexibiliza em 15 minutos, em cada período, a restrição para carros no centro expandido. Atualmente, o rodízio funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 10h e das 17h às 20h. A proposta do parlamentar é que a multa de 85,13 reais só seja aplicada a partir das 7h16 e das 17h16.

+ Confira as últimas notícias

Após passar por quatro comissões da Câmara, o projeto pode ir à plenário na próxima quarta-feira (12). Para Anni, o rodízio deve ser mantido e levado a sério, mas os congestionamentos na cidade exigem uma flexibização. “Às vezes você se programa para não estar mais no trânsito, mas fica preso em um engarrafamento por causa da chuva ou de uma queda de árvore, por exemplo, e a acaba sendo punido.”

O minianel de tráfego de São Paulo, no qual vigora o rodízio, é composto pelas Marginais Tietê e Pinheiros, pelas Avenidas dos Bandeirantes e Afonso Descragnole Taunay, Tancredo Neves e Juntas Provisórias, além do Viaduto Grande São Paulo e das Avenidas Professor Luís Ignácio de Anhaia Mello e Salim Farah Maluf.

Ampliação do rodízio

No ano passado, a prefeitura chegou a anunciar a intenção de ampliar o rodízio de veículos para 400 vias fora do centro expandido, em avenidas como a Brás Leme, a Radial Leste, a Aricanduva, a Professor Francisco Morato e a Inajar de Souza.

Estava entre as possibilidades fazer com que houvesse rodízio duas vezes por semana ou que ele passasse a valer em todas as vias da cidade.

Ao todo, 371 km lineares de vias seriam atendidos pela expansão da restrição. Contudo, a Secretaria Municipal dos Transportes, que chegou a anunciar para meados do ano essa expansão, não a colocou em prática. 

Dias de restrição

Placas final 1 e 2: segunda-feira

Placas final 3 e 4: terça-feira

Placas final 5 e 6: quarta-feira

Placas final 7 e 8: quinta-feira

Placas final 9 e 0: sexta-feira

Fonte: VEJA SÃO PAULO