Primavera

Cafés, lanchonetes e docerias para curtir ao ar livre

Descubra endereços com áreas externas ajardinadas para aproveitar os dias amenos da nova estação

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

Primavera - comidinhas - Flores na Varanda
Flores na Varanda, na Lapa: mesinhas espalhadas pelo jardim (Foto: Fernando Moraes)

Selecionamos treze endereços de comidinhas, entre cafés, casas de sanduíches e docerias, com salões arborizados ou agradáveis jardins.

+ Mais dicas para aproveitar o melhor da primavera em São Paulo

Confira abaixo o roteiro completo:

Açaí Frooty: dispõe de um espaço agradável na Vila Madalena. Refresque-se na varanda com uma tigela de açaí batido com mel e aveia, por exemplo. Lanches leves, como crepes, saladas, wraps e quiches, completam o cardápio.

Brigadeiro Doceria & Café: ocupa um charmoso sobrado repleto de plantas. Depois de escolher uma guloseima na vitrine, vá até o piso superior. É uma delícia sentar-se no terraço enquanto devora um brigadeiro recheado de morango ou uma fatia do bolo surpresa, que combina pão de ló, brigadeiros preto e branco mais farofa de biscoito.

Cannoleria Casa di Dante: instalada nos fundos do Instituto Cultural Ítalo-Brasileiro, na Consolação, fez da guloseima típica da Sicília uma tendência na cidade. O quintal a céu aberto é uma delícia para saborear os canudos de massa frita recheados de creme doce, entre eles creme de ricota e frutas cristalizadas. 

Coffee Lab: que a casa da barista Isabela Raposeiras é considera uma das melhores da cidade, muita gente sabe. Nem todo mundo sabe, porém, que além da varanda com vista para a aRua Fradique Coutinho, há um quintal nos fundos, repleto de plantas, onde ficam algumas das mesas mais agradáveis do espaço. Acomode-se em uma delas para provar o expresso de creme espesso e perfume arrebatador ou o cappuccino italiano, feito apenas de café e leite fresco fumegante.

Brigadeiro Doceria & Café
Brigadeiro Doceria e Café: doces de jeitão caseiro são a principal pedida (Foto: Madalena Leles)

Flores na Varanda: relaxe nas mesinhas do jardim enquanto toma um expresso Suplicy. Para adoçar o dia, há bolo de cenoura com calda de chocolate e torta de limão, entre outras sugestões. Nos fins de semana e feriados, serve bandejas de café da manhã.

Frutaria São Paulo: na matriz da Vila Olímpia, frutas frescas repousam em prateleiras semelhantes às de um supermercado. Cruze o salão e vá direto à área externa, repleta de plantas. O cardápio traz pratos leves com um quê natureba, entre eles o sanduíche de tomate, mussarela de búfala, alface e manjericão mais um tipo de pesto de abacate. Acompanha bem o suco de abacaxi, caju e laranja.

Julice Boulangère: esta padaria fina ocupa um imóvel charmoso em Pinheiros. Todas as mesas se espalham por um jardim. Acomode-se em uma delas para fazer um lanche, almoçar ou tomar um café enquanto experimenta o éclair de mirtilo. Dos pães, encantam as versões de calabresa e nozes ao vinho beaujolais, de damasco salpicado de avelã e de ameixa mais bacon.

Meat chopper: instalada em um imóvel pequeno na descolada Rua dos Pinheiros, dispõe de algumas mesas ao ar livre na frente da lanchonete. Dos lanches, vão bem o blue velvet, que combina queijo gorgonzola, rúcula e cebola caramelizada, e o house burger, uma espécie de cheese salada com maionese temperada e relish de pepino. Os acompanhamentos são uma delícia, sequinhos e crocantes. Não deixe de provar os anéis de cebola empanados e as fritas ao alho e alecrim.

Pain et Chocolat: com vista para uma rua sem saída, a preguiçosa varanda é agradável para tomar um cafezinho. Para devorar sozinho, o bolo dude equilibra musse de brigadeiro sobre massa de chocolate. 

Julice Boulangère - 2211
Julice Boulangère: mesas na varanda para um preguiçoso café da manhã ou da tarde (Foto: Mario Rodrigues)

Pâtisserie Gelée: a loja se divide em dois pequenos espaços. De um lado está a doceria, rodeada por paredes de vidro. De outro, uma pequena área externa com plantas, mais agradável em dias de sol. A principal atração da linha de pronta-entrega são os sorvetes de produção própria. Aproveite as mesinhas do pátio para saborear uma bola de nata, goiabada cascão ou café.

Pé no Parque: nos fins de semana, a clientela está quase sempre em trajes de ginástica. Nesses dias, um bufê de café da manhã é montado no arejado salão, sempre das 8h às 13h. Nos demais horários, sucos naturais fazem par com os sanduíches.

Tea Kettle: toque o sino para entrar e seja transportado para uma nostálgica casa de fazenda. De atmosfera rústica, o imóvel está entre os mais agradáveis da categoria. Se o dia for ensolarado, escolha uma mesa no sossegado jardim para tomar um chá. A variente verde japonesa pode ser acrescida de arroz tostado e a versão preta aromatizada por pistache e amêndoa. Aos fins de semana, serve brunch à la carte.

Tineta: o salão estreitinho é precedido por uma agradável varanda. Essas mesas mais arejadas são agradáveis para comer um bolo de laranja ou de chocolate na companhia de um expresso Coffee Lab. A carta de cafés inclui ainda o frappuccino batido com gelo e o affogato, na qual uma bola de sorvete é mergulhada na bebida. Para um almoço rápido, prepara pratos do dia como as tiras de frango ao limão mais tomate-cereja, cebola-roxa e purê de batatas com pedaços do vegetal.

Fonte: VEJA SÃO PAULO