Bichos

Cachorro Bosco é devolvido cinco dias depois de ter sido roubado

Segundo roteirista, homem ligou para o dono e marcou um encontro na região da Paulista

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

bosco descansa
Bosco descansa com o dono após resgate (Foto: Reprodução / Facebook )

Cinco dias após roubo, o boston terrier Bosco foi devolvido ao dono. Ele foi surrupiado no último domingo (29), na porta do supermercado Pão de Açúcar da Rua Oscar Freire, nos Jardins, enquanto o dono, o roteirista Fernando Pedrosa, de 28 anos, fazia compras. O caso criou grande comoção na internet.

Após registrar o caso no 78º Distrito Policial dos Jardins, Pedrosa começou uma campanha entre amigos e na internet para reencontrar o animal. Famosos como a blogueira Gabriela Pugliesi repercutiram o cartaz com o pedido de ajuda. A página “Cadê o Bosco?”, no Facebook, ganhou mais de 1 700 seguidores e, segundo ele, alcançou mais de 400 000 pessoas. Na última sexta-feira (4), a história finalmente teve um desfecho.

+ Vídeo mostra ladrões furtando cachorro em frente ao Pão de Açúcar da Oscar Freire

Pedrosa conta que recebeu uma ligação por volta das 20 horas de uma pessoa dizendo que era advogado, estava com o seu cachorro e queria devolvê-lo. “Estou com o seu cachorro aqui nos Jardins, onde está você?”, disse o homem, ao telefone, que pediu para ele não acionar a polícia. “Eu, que não sou louco nem nada, chamei a polícia. Não queria me colocar em risco”, disse a VEJA SÃO PAULO.

+  Porque você não deve deixar seu cachorro preso fora de estabelecimentos sem supervisão

   De acordo com a assessoria de imprensa do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), foi criada uma operação de resgate com Pedrosa. Por volta das 20h30, ele aguardava o entregador em uma lanchonete próxima ao Conjunto Nacional com uma equipe do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (GARRA). Porém, o advogado mudou de estratégia e ligou para uma amiga de Pedrosa, marcando encontro em outro local. Segundo a polícia, ela não conseguiu avisar ao amigo sobre a ligação e foi atrás do animal por conta própria. Ela reconheceu Bosco no colo do homem que lhe entregou o animal, um cartão de visita e deixou o local sem falar nada. O cartão foi apreendido e policiais do 78º Dp o convocarão para prestar esclarecimentos. 

Após a repercussão sobre o roubo, Pedrosa tem recebido ligações e mensagens de outras pessoas que também tiveram o animal de estimação roubado e pretende continuar as campanhas na internet para ajudá-las. Diz que os roubos de cachorros crescem cada vez mais e são feitos por pessoas que querem usar os animais para reprodução ou venda. Também acredita que a polícia continue com a investigação. “Não tem sentido eles saírem impunes e não vão”, disse.

Bosco
Divulgação feita por Fernando Pedrosa em busca de Bosco (Foto: Reprodução)

+ Confira as últimas notícias 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO